Resumos TVI

«Destinos Cruzados»: resumo de 10 a 16 de junho

destinos cruzados

destinos cruzados

Resumo de 10 a 16 de junho da novela Destinos Cruzados

Episódio 112

Fernanda, Moisés e Rufino olham para o carro de corrida da mecânica e falam sobre como ela pode ganhar o dinheiro que precisa para pagar ao credor se correr. Moisés apoia a ex-namorada a cem por cento e diz-lhe, inclusive, que vai com ela. Rufino fica um pouco de pé atrás, pois tem medo que ela seja novamente presa. No entanto, visto que é a única solução, ela terá de o fazer.

José Malaquias já pôs o contrato do CD à frente de Guida para esta assinar. A cantora está tão feliz com a notícia, que se prepara para assinar sem sequer ler. Telmo observa o produtor com desconfiança e, assim que Guida pega numa caneta, puxa-a à parte e pede-lhe para ela ler o contrato. Guida fica contrariada, dizendo que não vai ler aquelas páginas todas e Telmo oferece-se para ler por ela, pois não quer que ela seja enganada.

Assim, Guida rasga o contrato em mil pedaços, enquanto expulsa Malaquias de casa, chamando-o de ladrão. Telmo fica à espera de um agradecimento, mas Guida acaba por lhe dizer que, se calhar, mais valia ter apenas cinco por cento do que não ter nada. Luana e Telmo ficam perplexos com a ingratidão de Guida, que continua furiosa. Antes de sair disparada para o quarto, Guida pede desculpa a Telmo e agradece-lhe a preocupação.

Eduardo procura Beatriz pela empresa, sem sucesso. Decide então esperar por ela no bar, quando a vê a sair do elevador com Afonso. Os dois riem com vontade e Eduardo dirige-se a eles, ciumento. Beatriz fica constrangida com o escândalo que o marido está a armar no meio do bar e puxa-o para um canto para falarem. Afonso afasta-se, mal impressionado com a atitude do fotógrafo e, antes de sair, sente-se mal, sendo obrigado a sentar-se. Já fora da empresa, Afonso apoia-se na parede e vomita.

Em casa, Beatriz e Eduardo continuam a discutir. A rapariga não consegue disfarçar a desilusão que sente pelos ciúmes do marido e este insiste que ela sentiu alguma coisa quando viu o ex-namorado. Beatriz diz que sentiu apenas carinho e amizade e que é normal que ela tenha alguma cumplicidade com um amigo. Eduardo não fica convencido e Beatriz expulsa-o do quarto, triste.

Humberto pergunta a Laura se foi ela que lhe roubou o dinheiro e a esposa faz-se de ofendida. Humberto insiste, dizendo que ela não é propriamente inocente, mas Laura finge que chora e sai de casa, pedindo para ele não a seguir, pois está muito desiludida com ele. Humberto deixa-a ir, mas continua desconfiado.

Jaime volta a insistir com Lourenço para este voltar a trabalhar para a Diamantes. O magnata diz ao filho que a nova linha de lingerie mais acessível podia ser o seu primeiro projeto e que a Diamantes vai ser dele um dia. Lourenço diz que não pode deixar a empresa onde está assim de um dia para o outro, mas promete pensar na proposta do pai.

Moisés vai com Fernanda à corrida, mas a medo. O rapaz tenta motivar a mecânica e esconder o medo que sente por andar àquela velocidade. O medo de Fernanda em ser presa leva a melhor e o seu rival passa-lhe à frente, mas Moisés diz para ela dar tudo o que tem e a mecânica consegue ultrapassá-lo. Fernanda ganha a corrida e diz a Moisés que ele pode abrir os olhos. Os dois festejam a vitória efusivamente, enquanto recebem o dinheiro que ganharam. Em casa, Fernanda olha para o dinheiro, esperançada que ele lhe limpe a honra.

Raimundo sai à socapa de casa e vai à sociedade onde encontra todo um ambiente romântico e uma Emília apenas de roupão. Emília pede a Raimundo que lhe faça uma massagem, mas o padeiro mostra-se muito desconfortável com a situação. Emília insinua-se de todas as maneiras que pode, mas, mais uma vez, Raimundo resiste e afasta-a. Emília fica frustrada, mas com a certeza de que para a próxima, ele não vai conseguir resistir.

Eduardo pede desculpas a Beatriz, mas a rapariga mostra-se muito fria com ele. O fotógrafo diz que foi o amor que lhe toldou o discernimento, mas a mulher diz-lhe apenas que está cansada e quer dormir. Os olhos de Beatriz revelam uma profunda mágoa e desilusão.

Personagem José Malaquias – Fernando Lupach

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close