TVI

Delphine: “Só pensava que estava num filme de terror!”

Delphine

Foi a primeira concorrente a abandonar a segunda temporada da Casa dos Segredos, e confessou sentir-se feliz pelos portugueses terem votado em si. Segundo Delphine, a experiência no reality-show da estação de Queluz de baixo foi interessante, mas simultaneamente difícil. “Estava mortinha por sair… O não poder rezar, ir à missa e comungar, isso sim foi uma grande provação. Só pensava que estava num filme de terror! Estava a ferver dentro de mim!”, explicou à Mariana.

A jovem de 19 anos revelou ainda que a sua inscrição no concurso da TVI foi feita por uma amiga: “Não fui eu que me inscrevi, foi uma amiga. Mas aceitei o desafio. Não foi muito bem aceite pelos meus pares, mas depois chegaram a um consenso e viram que podia ser uma boa coisa para mim. Queria testar a minha vocação e saber se é isto mesmo que quero”.

Para terminar, Delphine revelou ainda à referida publicação que o pai não tem conhecimento desta sua opção de vida, e que ambos os progenitores não têm uma ligação com a religião cristã: “Ele não sabe que estou a estudar para freira. Mantenho um relacionamento com ele, mas o meu pai não é católico e a minha mãe só o é de nome. Costumo dizer que nasci no meio de silvas… O meu pai é completamente ateu. Não tive uma edição religiosa, fui eu que optei”.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close