TVI

Críticas de Rita Pereira não agradaram à TVI

Rita Pereira

Na passada semana, Rita Pereira publicou no seu Facebook uma fotografia sentada numa sala de maquilhagem com a seguinte descrição: «Entro às 09:00, começo a gravar às 14:30. Entro às 11:00, começo a gravar às 16:30. Entro às 10:00, ainda não faço ideia das horas a que vou gravar. Isto há já 10 meses. Nunca ouvi um pedido de desculpas. Valerá a pena sermos certinhos e profissionais?! Será que gostam assim tanto de me ter cá ou são simplesmente incompetentes?! E é isto.».

Agora, uma fonte da estação explica estes atrasos à TV Guia: «A verdade é que a Alexandra [Lencastre] tem uma vida mesmo complicada. São duas personagens e muitas vezes a logística de tudo atrasa as gravações. Além disso, ela tem medo de não estar bem… e com as inseguranças demora sempre mais do que todos os outros. Ao princípio, a Rita não o compreendia e ficava mesmo aborrecida».

Contudo, ao que indica, a suposta rivalidade com Maria João Bastos esteve na origem destas críticas. Entre os colegas da atriz, não falta quem saiba deste desentendimento. «É verdade que tem havido atrasos com regularidade. Mas não somos nós também pagos para esperar? A vida de ator é assim. A verdade é que a Rita está mais chateada porque o papel dela não está a ter destaque e a pessoa com quem ela se desentendeu por causa do Pedro Barroso – com quem ambas namoraram -, a Maria João, está a arrebatar tudo».

Maria João Bastos, que dá vida a Liliane Marise, ganha muito menos do que Rita Pereira: seis mil euros certos, algo que na estação nem todos compreendem. «Ninguém percebe, porque ela [Maria João] é a alma desta novela. O papel da Rita qualquer uma podia fazer», avança uma fonte da TVI à publicação da Cofina.

Apesar de na estação de Queluz ninguém ter ficado agradado com os comentários de Rita Pereira no seu Facebook – e até tenha sido chamada ao gabinete de Luís Esparteiro para esclarecimentos -, os fãs da atriz foram solidários. A jovem, que na sua página conta com mais de 375 mil fas, recebeu o apoio de 10 mil, além de cerca de 787 comentários de apoio.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close