TVI

Cristina Ferreira recusou 40 mil euros por mês na SIC

altPrometia ser a grande resposta da estação de Carnaxide à saída de Fátima Lopes para a concorrência. Foi a própria companheira de Manuel Luís Goucha quem confirmou o convite em declarações à Notícias TV e, desta vez, é a TV Guia quem revela mais pormenores sobre o processo.

Tudo começou com um telefonema de Nuno Santos à apresentadora da TVI. Durante alguns encontros entre ambos, o director de programas ofereceu a Cristina Ferreira “um verdadeiro estatuto de estrela”: um ordenado mensal de 40 mil euros e a possibilidade de escolher o horário que entendesse: ou a manhã ou a tarde. Face a tão agradável proposta, a “saloia da Malveira” confessa que o seu contrato fora renovado recentemente e que a nova cláusula de rescisão era de 1 milhão de euros.

Perante esta notícia “inesperada”, Nuno Santos informa Francisco Pinto Balsemão. Embora os resultados da empresa não sejam os melhores, o presidente do canal “dá luz verde” aos seus responsáveis e diz para avançarem. O director de programas revela a vontade à apresentadora.

Cristina Ferreira, que desde sempre informou os chefes André Cerqueira e Júlia Pinheiro do “assédio”, pede então uns dias para pensar na proposta. Os valores eram elevados e, em caso de mudança, seria uma nova vida. Após ouvir conselhos de amigos e do marido, a parceira de Manuel Luís Goucha informa Nuno Santos de que, por uma questão de lealdade à TVI e devido a novos projectos que o canal tem para si, continuará na TVI.

É caso para dizer, há dinheiro em Carnaxide e Cristina Ferreira é um exemplo máximo do que diz a sabedoria popular: “o dinheiro não é tudo”.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close