TVI

«Casa dos Segredos» também é alvo da crise

Devido à situação económica atual do país, muitas das pessoas que se inscreveram nesta terceira edição da «Casa dos Segredos», além de fama e estrelato, também procuram uma saída para a crise que se instalou nas suas vidas.

Já foram superadas as 80 mil inscrições e é bem provável já terem chegado às 88 mil. E, em declarações à TV Guia desta semana, Lurdes Guerreiro, diretora-executiva da Endemol, começou por revelar que a maioria dos inscritos estão atualmente desempregados. «Muitos candidatos não têm trabalho. Nunca tivemos tantos», contou.

«Estamos todos a viver um momento de crise e a nossa empresa também tem de poupar. Já trabalhos neste formato há muito tempo e assim é mais fácil identificar onde podemos gastar menos dinheiro», confessou Lurdes Guerreiro, quando questionada sobre o investimento apontado para esta edição. Além disso, foi ainda esclarecido que o espaço físico da casa mais vigiada do país será o mesmo, a única mudança será a a nível de decoração.

As inscrições ainda estão abertas no site da TVI e, caso seja o seu sonho participar neste reality show, apresse-se porque só restam mais duas semanas, até ao final de agosto.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close