TVI

Atores e responsáveis da TVI falam de «Belmonte»

belmonte irmãos

belmonte-logo-pequenoFoi ontem apresentada à imprensa a nova novela da TVI, Belmonte, que tem estreia marcada para a próxima rentrée televisiva. Adaptada da novela chilena Hijos del Monte, a nova produção da estação de Queluz de Baixo traz o regresso de Filipe Duarte, Joana Solnado e Helena Laureano à ficção. A trama desenrolar-se-á entre Estremoz, Lisboa e Brasil.

Luís Esparteiro, diretor de conteúdos da Plural, contou que esta «É a história de uma família tradicional e endinheirada. Um senhor rural, residente no Alentejo, adota cinco rapazes devido à impossibilidade de sua mulher ter filhos. São os irmãos Belmonte, que vão envolver-se numa grande luta pela fortuna da família, quando se descobre, após a morte do pai, que o senhor tinha vivido uma vida dupla no Brasil, onde tinha uma amante e uma filha…», disse ao Sapo Fama. Já Luís Cunha Velho, diretor-geral da TVI, destacou o forte elenco desta produção e confessou que «Estou absolutamente rendido a Belmonte. É um projeto arrebatador e uma produção Plural/TVI que vai agarrar os espetadores desde o primeiro minuto. Vamos ter um grande sucesso a partir de setembro».

Belmonte é protagoizada por Graziela Schmitt, Marco D’Almeida, Manuela Couto, Carla Galvão, Filipe Duarte, Lourenço Ortigão, Diogo Amaral e João Catarré. Sofia Ribeiro não será uma das protagonistas, mas a sua personagem, Laura, terá um grande impacto na história, quando é encontrada morta logo num dos primeiros episódios, acabando por se tornar num mistério que marcará toda a trama. Laura é encontrada morta uns dias depois de uma manifestação contra a caça, visto que é uma ativista pelos direitos dos animais.  A personagem de Sofia Ribeiro não é o que aparenta ser, mas «é quase a chave da história e irá ser muito falada», contou a atriz ao referido site.

Helena Laureano, de regresso à TVI depois de terminado o contrato de exclusividade com a SIC, confessa que «Gostei do que fiz na SIC e o trabalho foi gratificante. Mas a vida é mesmo assim, voltei a casa e foi muito agradável. Revi colegas e técnicos que já não via há dois anos. Foi muito bom». A atriz dará vida a Anabela, uma aristocrata rural, mas falida.

Filipe Duarte, que estava longe da televisão desde que protagonizou a série Equador da TVI, aceitou o convite da estação para este novo projeto: «Foi uma boa surpresa. Nunca fechei as portas às novelas e este foi o momento ideal, com a falta de trabalho que existe no cinema e teatro. Estou muito contente e com vontade de trabalhar na ficção portuguesa», confessou o ator que dará vida a João, o mais velho e sensato dos cinco irmãos Belmonte. «Ainda não estou preparado para o ritmo intenso de gravações, mas estou a preparar-me. Tenho uma filha e confesso que é o que me está a preocupar mais, mas a vida é mesmo assim…», contou.

Sara Prata também entrará nesta produção para interpretar Íris, uma neo hippie que conta ir viver sozinha para o moinho que comprou num leilão, mas acaba por partilhá-lo com uma família de pobres agricultores. Já Sara Matos é Marta que, juntamente com Carol (Sílvia Rizzo), irá abrir o primeiro restaurante vegetariano na região de Estremoz. O restaurante terá dificuldades em atrair clientes.

José Wallenstein, recém-chegado de Espanha, onde está a viver há três anos, contou que «Tinha muitas saudades. O último projeto em novela na TVI foi em 2010, com Meu Amor. Às vezes é preciso fazer uma pausa e crescer.». Marco D’Almeida, que interpreta o irmão Carlos Belmonte, confessou que «Estou muito satisfeito com a minha personagem. Tem quase dois lados e ambos são muito ricos».

João Catarré, que dará vida a outro dos irmãos, José Belmonte, gere a empresa de exploração de mármore da família. É um homem duro e de poucos amigos, mas de muitas amantes… «O fator rural desta novela atraiu-me muito. Tenho uma grande ligação ao Alentejo e principalmente a relação familiar que existe entre os irmãos foi o que mais me entusiasmou neste desafio», disse o ator.

Diogo Amaral, depois de ter protagonizado Doce Tentação, regressa à ficção na pele de um outro irmão, Pedro Belmonte, responsável pela exploração de um parque cinegético. “Já estava a precisar de voltar ao trabalho. Tinha muita vontade”, afirmou.

Manuela Couto é Sofia, que um dia vem do Brasil para reclamar, pelo menos, metade da fortuna deixada pelo seu antigo amante, o sr. Belmonte, entretanto falecido. Um episódio que vai deixar os filhos legítimos em estado de choque… pois não sabiam da sua existência. A atriz brasileira Graziela Schmitt estreia-se numa novela portuguesa para dar vida a Paula, filha biológica de Emílio Belmonte e Sofia: «É uma grande oportunidade estar cá. A personagem é excelente e é uma grande proposta de trabalho», assumiu a atriz.

Carla Galvão é Julieta, noiva de João (Filipe Duarte) e veterinária. A chegada de Paula (Graziela Schmitt) vai abalar a sua relação. «A Julieta tem um amor assolapado pelo João, que é o homem da vida dela, e é natural que vá reagir com uma fera ferida com a chegada de Paula…», contou a atriz. Esta é uma nova etapa na carreira de Carla Galvão: «Surgiu agora a oportunidade e é o momento certo. É a minha estreia em televisão num papel de continuidade», disse a atriz, que fez várias participações especiais na ficção portuguesa.

Sofia Grillo é Beatriz, dona de um café modesto, mas é sonhadora. Terá uma relação conturbada com o marido, Joaquim (Adriano Carvalho). «É uma personagem completamente diferente das que fiz antes, acho que vai surpreender. Em televisão nunca fiz um registo assim. Uma mulher cheia de si, um bocadinho maquiavélica e que faz muitas patifarias ao marido», explicou a atriz. «Esta novela tem uma componente rural muito forte o que me agrada muito», reforçou a atriz.

Luísa Cruz será Susana, uma primeira sargento da GNR que tem como frustração não ter ido para a Polícia Judiciária. Tem talento para a dedução e investigação, capaz de resolver qualquer crime.

Belmonte é escrita pela Casa da Criação, cuja adaptação está a cargo de Artur Ribeiro e da sua equipa. As gravações arrancam brevemente.

  • candy

    O que me esta a chatear é que esta novela tem tudo para dar certo(construção das personagens, logótipo,o mistério,ruralismo), e está a ir para segundo plano por causa da Casa dos Segredos(eu adoro reality shows mas neste momento a ficção da TVI persisa de ter o maior destaque possivel a já não o tem a muito tempo desde o inicio do ano que estamos com reality show no horário principal o que dificulta as coisas) este projeto com a grandiosidade que está a transmitir que com certeza vai ter, devia estar logo a seguir ao Jornal para confrontar a ficção do canal adversário e tenho a certeza que iria ser vencedor e não sebemos quando a TVI voltará a ter um produto de tanta qualidade para fazer frente à concorrencia.Este é o produto que pode destronar toda a concorrência

    • TV

      Primeiro, não sabemos disso, já que a ficção SIC está a todo o gás. E depois, a TVI testou a sua ficção, enquanto A Tua Cara não me é Estanha estava no ar e não resultou. Logo, mais vale a ficção ficar onde está!

      • candy

        Então a tua sugestão é o que deixar a ficção dos canais adversários avançarem cada vez mais arranjando cada vez mais seguidores e não fazer lhes frente ? E quando a tua cara não me e estranha estava a dar não estava no ar nenhum produto com tanta qualidade e não digam que não tem qualidade já que é uma adaptação apesar de algumas mudanças e se não tivesse qualidade não tinha o sucesso que tinha no mundo e a Plural produzir novelas é com ela!

        • TV

          Não coloques palavras na minha boca. Apenas digo que, se as novelas não conseguem contestar as da SIC, tem que se variar a programação. E não me venhas com a qualidade que Mundo ao Contrário era um excelente produto, contra uma repetição e teve dificuldades. E a SIC está a preparar uma novela que parece ter qualidade, por isso…

          • candy

            Olha eu simplesmente acho que a TVI passou uma má fase mas que está a dar a todo o gás(contratanto estrelas de sucesso,elencos grandes,filmagens em sitios exoticos)Porque até está má fase as novelas da sic nao chegavam aos calcanhares da TVI, e a TVI mesmo assim continuava com a liderança, Em relação a mundo ao contrario é um excelente produto simplesmente pode não ser o produto que agrade ao publico que assiste

          • TV

            Muito pelo contrário, Mundo ao Contrário é um produto totalmente inovador, uma nova forma de produzir novelas. Já Belmonte terá uma grande produção, um grande elenco, e um grande enredo, mas se fosse para o 1º horário iria entrar em choque com a estreia da Sic. Isso é um risco que a TVI não quer correr.

          • candy

            Eu também acho, mas não era obrigatório as estreias serem nos mesmo dias, mas esse é um risco que tem de ser cometido mais tarde ou mais cedo já que não vão viver dos reality show para sempre porque é um produto que se não for ”descansar” torna-se cansativo e chato por isso mais vale agora ”chocar” já que o produto que a TVI tem em mãos tem uma qualidade extrema

          • TV

            Concordo contigo no sentido em que os realitys, para cativarem, têm que descansar. Eu sugeria que a TVI fizesse um, de dois em dois anos, com remodelações. Obteriam audiências incríveis.

          • candy

            Desculpa a pergunta but não concordas que mais tarde ou mais cedo a TVI vai ter de o fazer por isso mais vale ser com este produto de qualidade não?

          • TV

            Postas assim as coisas, concordo, sim. Mas tudo teria que ser feito com muita perspicácia.

          • anonimo

            qualidade = sic , ahahah gosteii *.*

          • TV

            Estás a ser irónico?

  • Pedro

    Gostei muito vai cativar as pessoas e prende la ao ecram mas tem que estar no primeiro horario custe o que custar. gosto da casa dos segredos mas tem que se por no segundo horario se nao a novela vai abaixo

    • TV

      Não sei se a Casa dos Segredos resultaria no 2º horário!

      • candy

        é uma questão de experimentar! como já se fez varias vezes mas para isso teria de colocar outro produto de ficção como uma serie não sei se é o que estão a tentar fazer (série inspirada em skins) porque para as 19h era a serie inspirada em glee (nao sei se é a mesma coisa penso que não) podia ser Novela-Diario-Serie-Diario.

        • TV

          Não me parece boa ideia. Aliás, as séries resultariam muito melhor no acesso ao horário nobre.

          • candy

            Não concordo já que a serie não vai ter a grandiosidade que a novela vai ter…

          • TV

            Pois. Por isso deveria ir para o horário de acesso ao horário nobre, um horário influente mas que não tem muita visibilidade.

          • candy

            Mas isso seria que no horario das 19h?

          • TV

            Sim, o horário das 19 é o horário de acesso ao horário nobre, ou não?

          • candy

            Sim eu não estou a duvidar eu é que não percebo muito desses termos desculpa :$

          • TV

            Ah, mas sim, é esse o horário.

  • Diego

    Criticavam tanto o Dancin’ Days por não retratar a realidade portuguesa e fazem um remake chileno com uma protagonista brasileira? LOL 😉

    • TV

      Retratando uma realidade portuguesa, já que se passará a maior parte do tempo em Portugal, mostrando tudo do melhor que há no nosso país!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close