Globo

Sete coproduções da Globo Filmes disputam o XI Grande Prémio do Cinema Brasileiro

Selton Mello Filme O Palhaço Globo Filmes

Na próxima segunda-feira, dia 15, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro será palco da maior distinção do cinema brasileiro. O XI Grande Prémio do Cinema Brasileiro vai coroar longas, documentários e curtas em 25 categorias. No total, sete coproduções da Globo Filmes disputam prémios em 16 delas. Em destaque, os filmes «O Palhaço», que recebeu 13 indicações (na imagem, Selton Mello no referido filme); «O Homem do Futuro», com 11; e «Bróder», com indicações em dez categorias.

O Grande Prémio do Cinema Brasileiro é realizado pela Academia Brasileira de Cinema e pelo Espaço/Z e conta com o patrocínio da TV Globo através da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e da Prefeitura do Rio de Janeiro por meio da RioFilme.

As coproduções da Globo Filmes indicadas no XI Grande Prémio do Cinema Brasileiro são:

Melhor longa-metragem de ficção

«Assalto ao Banco Central», de Marcos Paulo.

«Bróder», de Jeferson De.

«O Homem do Futuro», de Cláudio Torres.

«O Palhaço», de Selton Mello.

 

Melhor Direção

Claudio Torres por «O Homem do Futuro»

Jeferson De por «Bróder»

Selton Mello por «O Palhaço»

 

Melhor Atriz

Alline Moraes como «Helena» em «O Homem do Futuro»

 

Melhor Ator

Caio Blat como «Macu» em «Bróder»

Selton Mello como «Benjamim»/«Palhaço Pangaré» em «O Palhaço»

Wagner Moura como «Zero» em «O Homem do Futuro»

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Cassia Kiss como dona «Sônia» em “Bróder”

Fabiana Karla como «Tonha» em «O Palhaço»

Melhor Ator Coadjuvante

Ailton Graça como «Seu Francisco» em «Bróder»

Jonathan Haagensen como «Jaiminho» em «Bróder»

Paulo José como «Valdemar»/«Palhaço Puro Sangue» em «O Palhaço»

Tonico Pereira como «doutor» em «Assalto ao Banco Central»

 

Melhor Direção de Fotografia

Adrian Teijido, por «O Palhaço»

Gustavo Hadba por «Bróder»

Ricardo Della Rosa por «O Homem do Futuro»

 

Melhor Direção de Arte 

Alexandre Meyer por «Assalto ao Banco Central»

Claudio Amaral Peixoto por «O Palhaço»

Yurika Yamazaki por  «O Homem do Futuro»

 

Melhor Figurino

Kika Lopes por «O Palhaço»

Marcelo Pies por «O Homem do Futuro»

 

Melhor Maquilhagem

Marlene Moura e Rubens Libório por «O Palhaço»

Martín Macías Trujillo por «O Homem do Futuro»

 

Melhor Efeito Visual

André Kapel por «Bróder»

Cláudio Peralta por «O Homem do Futuro»

Diego Velasco-de Armas por «Onde Está a Felicidade?»

Melhor Roteiro Original

Bruno Mazzeo, Rosana Ferrão, José Alvarenga Jr. e Marcelo Saback por «Cilada.com»

Cláudio Torres por «O Homem do Futuro»

Jeferson De e Newton Cannito por «Bróder»

Marcelo Vindicato e Selton Mello por «O Palhaço»

 

Melhor Montagem Ficção

Felipe Lacerda por «Assalto ao Banco Central»

Jeferson De e Quito Ribeiro por «Bróder»

Marília Moraes e Selton Mello por «O Palhaço»

 

Melhor Som

George Saldanha, Luiz Adelmo e Paulo Gama por «O Palhaço»

Jorge Saldanha, Miriam Biderman, Ricardo Reis e Rodrigo Noronha por «O Homem do Futuro»

 

Melhor Trilha Sonora

Edu Lobo por «Não se Preocupe, Nada Vai Dar Certo»

Jeferson De e João Marcelo Bôscoli por «Bróder»

 

Melhor Trilha Sonora Original

André Moraes e Chris Pitman por «Assalto ao Banco Central»

Plínio Profeta por «O Palhaço»

Desde a sua criação em 1998, a Globo Filmes produziu e/ou coproduziu mais de 115 filmes, levando para as salas de cinema mais de 130 milhões de pessoas. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual brasileira, apostando em obras de qualidade e valorizando a cultura do país, participou dos dez maiores sucessos de bilheteria. A empresa também tem por objetivo promover a sinergia entre o cinema e a televisão. Em 2012, a Globo Filmes também comemora o sucesso da comédia «E Aí, Comeu?», que ultrapassou a marca dos 2,5 milhões de espectadores e a recente escolha de «O Palhaço», de Selton Mello, como candidato brasileiro a uma indicação à categoria de Melhor Filme Estrangeiro do Oscar 2013. Ainda este ano, a companhia tem previsão de lançar mais três filmes: «Gonzaga, de Pai pra Filho», «Os Penetras» e «De Pernas pro Ar 2».

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close