SIC

Versão nacional de “24/7 Love Lab” é a aposta da SIC para a rentrée de 2012

Com o primeiro semestre de 2012 a ser preenchido com a versão nacional de X Factor, a televisão de Carnaxide já pensa nas apostas para a rentrée do próximo ano. E, durante a passagem pelo MipCom, que se realizou recentemente em Cannes, Júlia Pinheiro e Gabriela Sobral conheceram um novo formato, ficaram “bastante agradadas” e já o adquiriram.

De acordo com o Diário de Notícias desta terça-feira, a SIC vai mesmo apostar numa versão nacional de 24/7 Love Lab, um reality-show que tem dado do que falar a nível internacional.

Este formato é bastante semelhante a um Big Brother ou a Casa dos Segredos. Dentro de uma casa ampla que convida ao romance vivem um solteirão e mais três amigos. Estes quatro concorrentes têm como principais requisitos ser bonitos, bem-sucedidos profissionalmente, inteligentes, com idades entre os 20 e os 30 anos, e, sobretudo, estarem solteiros. Ao entrarem na casa, os quatro homens vão encontrar quinze mulheres deslumbrantes. No final, um deles terá de ter iniciado um romance com uma das raparigas, mas podem ser estabelecidas mais relações entre os participantes.

O programa promove as relações entre os concorrentes: elas podem envolver-se com o mesmo rapaz ou dois deles podem apaixonar-se pela mesma rapariga. No campo da sedução e da intriga, este formato vem deixar claro que vale tudo e sem medos.

A grande novidade é que cada participante tem direito a um telemóvel que apenas envia mensagens internamente aos outros concorrentes. Se nos realityshows tradicionais tudo é feito às claras, neste há um novo nível de comunicação que promete destabilizar as relações. O telespetador é o beneficiado, até porque fica a conhecer o conteúdo das mensagens, que aparecem transcritas no pequeno ecrã.

 A produção também oferece uma ajuda aos concorrentes para seduzirem as raparigas, como criar ambientes de romance. Haverá uma porta mistério para uma das zonas da casa, que se chama cápsula do amor. Ao longo do programa, os rapazes podem convidar as raparigas para os acompanharem ao lado de lá dessa porta e pode-se esperar de tudo: desde um cenário romântico de neve até uma ida bucólica ao campo com direito a piquenique.

Os concorrentes masculinos podem pedir à produção que os ajude a fazer surpresas às meninas. Em Israel, por exemplo, já houve concertos das bandas preferidas das solteironas ao vivo na casa. Quando o programa chegar ao fim, cabe aos concorrentes escolher a rapariga com quem vão ficar. Se a escolha do rapaz coincidir com a do público, então, o casal ganha um prémio, que será determinado pela produção (em Israel era de um milhão de dólares). Se a escolha não coincidir, saem sem o dinheiro, mas haverá sempre a paixão iniciada na casa. Aliás, este é o grande dilema do formato: o amor ou o dinheiro?

24/ 7Love Lab acabou de se estrear no Canal 10, em Israel, onde é emitido duas vezes por semana no horário nobre, e os responsáveis da estação estão satisfeitos com o resultado das audiências. Entretanto, para além de Portugal, já foi vendido para a Suécia, Noruega e Dinamarca. A novidade é que não se destina apenas à televisão, mas às multi-plataformas. Pode ser seguido nos canais pagos, na Internet e no telemóvel. A interactividade com o espetador é outro dos aliciantes, uma vez que tem ainda a possibilidade de escolher a câmara para seguir o jogo.

Quanto à apresentação do formato, ainda não é conhecida, mas deverá passar por uma cara jovem ligada à televisão de Carnaxide. Certo mesmo é que os responsáveis do canal estão a apostar forte na corrida à liderança do ano de 2012!

Mais pormenores para ver aqui

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close