SIC

SIC reage à postura da TVI em querer pôr de parte a GfK

É a notícia do dia: a TVI anunciou que vai deixar de ter em conta as audiências da GfK e que vai assinar um contrato com a Marktest para que esta lhe forneça os dados, tendo em conta o seu painel. Este anúncio já despoletou algumas reações e agora foi a vez da SIC se pronunciar, através de comunicado, revelado agora pela agência Lusa.

Em comunicado, «A SIC lamenta, desde já, a opção de não se respeitarem as regras adotadas  em sede de autorregulação, depois de as mesmas terem sido aprovadas por  unanimidade pelos membros da CAEM (Comissão de Análise de Estudos de Meios)” e considera «ter total legitimidade para o fazer:  um dos seus canais, a SIC Notícias perdeu, com o novo sistema de medição  de audiências, a liderança entre os canais temáticos, posição que ocupa,  desde que surgiu, há 11 anos».  Mas, esse facto, «não levou a SIC ou a SIC Notícias, nem os seus  responsáveis, a criticar publicamente a GfK ou a CAEM. Aliás, no passado,  mesmo quando a SIC se sentiu prejudicada, a estação sempre manteve uma posição  coerente com a atual, manifestando a sua opinião na sede da CAEM».

No mesmo comunicado, a SIC estranha que antes que a conclusão da auditoria ao sistema  da GfK, aprovado a 12 de março, «por todos os membros da CAEM, já tenham sido tomadas medidas paralelas e unilaterais para substituir pela mesma  Marktest, que no passado foi considerada, pela TVI, “em total descrédito”, a empresa de medição (GfK), escolhida, após concurso internacional, pelos  cinco operadores de televisão, anunciantes e agências de meios».

E a estação de Carnaxide vai ainda mais longe e critica a concorrência: «São lamentáveis estas mudanças de opinião e de posição, ao sabor dos  resultados diários. Apenas têm servido para descredibilizar o próprio mercado  televisivo».

A SIC sublinhou ainda que é alheia ao processo que  conduziu à mudança do sistema de medição de audiências, reforçando que foi a TVI que, em  2010, pediu uma «auditoria urgente» ao sistema da Marktest, que considerou  estar em «total descrédito». Face a isso, a estação de Carnaxide lembrou ainda que o pedido acabou por conduzir, «por decisão da direção de então, a um concurso que designou a GfK como nova empresa de medição  de audiências. Isso, apesar das dúvidas manifestadas pela SIC que, em sede  própria, defendeu a manutenção da Marktest e solicitou uma avaliação à proposta  técnica da Gfk. Efetuada essa avaliação, foi na base das respetivas conclusões  que a GfK foi confirmada como vencedora do concurso». A escolha da GfK resultou de uma decisão unânime  da CAEM (associação que reúne representantes dos operadores de televisão RTP, SIC, TVI, PT e ZON), anunciantes (APAN) e agências de Meios (APAME).

«Durante o mês de março, esta decisão, tomada, repete-se, de forma unânime  em sede de autorregulação, tem sido alvo de críticas públicas, da RTP e, mais recentemente, da TVI», mas, no entanto, a SIC «sempre defendeu o princípio  da autorregulação, submetendo-se às decisões aprovadas na CAEM, e não sobrepondo,  ao sabor das conveniências de cada momento, os seus interesses aos consensos  acordados». Seguindo essa postura, «continuará, como sempre, disposta a debater, em sede de autorregulação,  as questões e as dúvidas de todos os parceiros», concluiu no comunicado.

  • -.-

    A SIC que se vá catar! Está a ser claramente beneficiada com resultados feitos por medida! nem merece comentário!

    • Biller

      Perdeu uma liderança de 11 anos é ser claramente beneficiada? Há 2 anos a TVI contestou a Marktest motivando um concurso internacional. Agora quer voltar? Que coerência é esta?

      • Ricardo

        Biller, a maior comédia no meio disto tudo é que a SIC aproveitou esta situação para fazer circo, fazendo polémica com a TVI para ver se a descredibiliza, ganhando assim mais audiências… Eles já não sabem o que fazer para sair a ganhar desta guerra. E a TVI se for preciso faz o mesmo jogo… enfim…

        • _zapping_

          O circo da RTP, em querer descredibilizar a GfK, já dura há um mês! Como se as pessoas estivessem interessadas em audiências!!!

        • Biller

          A SIC fez um circo? A SIC limitou-se a fazer um comunicado e a defender que os problemas identificados sejam resolvidos em sede própria, nomeadamente na CAEM, como sempre aconteceu no tempo da Marktest.

  • oi

    a liderança ta lhe a escapar.. Se se preocupassem em fazer melhor televisao em vez d andarem a escolher a empresa que lhes dao mais beneficio nas audiencias.. É que eram finos..

  • Andre Jorge89

    Não percebo isto, as televisões reagem conforme lhe interessa! Há dias o José Alberto Carvalho (TVI) defendia a GFK, hj o canal rasga o acordo, tendo sido a própria a descredibilizar a Marktest e a pedir uma nova empresa e agora quer voltar à empresa que anos antes criticava. Se formos a analisar seriamente as audiência verificamos que os 3 canais foram prejudicados (RTP e TVI nos canais generalistas) e a SIC no Cabo SicN. Ao menos numa coisa a SIC mostra coerência: seja com a Marktest ou com a GFK nunca criticou as audiências!

  • Miguel

    Concordo com esta posição. Acho que é mais racional ir debatendo e aprimorando o novo sistema com os parceiros adequados (CAEM, etc) do que vir para a praça pública dizer que o sistema não presta para nada e vão mudar para outro. 
    Ainda por cima quando o director de informação da TVI há umas semanas dizia que não tinha queixas do sistema e tanto lhe dá como se lhe deu… 

  • Anónimo

    Meu Deus, onde isto já vai. Coitadinha da TVI, o verdadeiro circo nacional não
    pode perder audiências, isto é, se alguma vez as liderou. Tenho muitas dúvidas.
    No entanto dá muito que pensar: No princípio, tudo bem e agora tudo mal,
    porquê? A SIC sim liderou nos seus primórdios até perder a liderança para
    a palhaçada e nunca os ouvi queixar. E a SIC Notícias lider desde o começo
    e agora com GFK a ir abaixo, isto é ser beneficiada?

  • Carlos

    Calem-se fanáticos da SIC. Está à vista de todos quem beneficia quem. A SIC está aos poucos a cconseguir vencer todos os horários de um momento para o outro…escusava era de ser tão evidente…ladrões!!!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close