SIC

«SIC consolidaria a liderança com uma segunda telenovela», diz António Parente

«Dancin’ Days», a segunda coprodução da SIC e TV Globo, é atualmente a novela mais vista em Portugal, sendo líder de audiências. Produzida pela SP Televisão, António Parente, o patrão da referida produtora portuguesa, fala da liderança da novela e da ficção da SIC.

«A liderança veio no tempo certo. Quer nós quer o cliente estamos satisfeitos e de parabéns. Há outra coisa que é importante explicar: em ficção a qualidade faz-se com investimento. É fácil perceber que, quanto mais vezes forem repetidas as cenas, quanto maior for o investimento nos cenários, quanto mais experiência tiverem os actores, melhor.», começa por dizer António Parente à Correio TV, acerca da liderança de «Dancin’ Days», acrescentando que «lutamos com um problema importante: a margem que temos é inferior à concorrência porque fazemos uma novela e eles fazem quatro. Eles têm mais meios para aplicar no produto. Nós estamos limitados pelo facto de a nossa capacidade não estar completamente ocupada. O trabalho que temos não é o que precisávamos para estarmos mais confortáveis…».

E o que é que a SP Televisão precisa? «De uma segunda novela para resolver uma série de situações, nomeadamente a dos actores. Um actor que trabalha numa novela da SP naturalmente não terá trabalho a se seguir porque não podemos repetir os mesmos actores.», conta António Parente. E é aqui que surge, mais uma vez, a confissão de que a SIC pondera vir a ter duas novelas nacionais em exibição: «Tentamos convencer todos os dias o nosso cliente SIC da importância da segunda novela. Mas, como se sabe, isso hoje está ligado à disponibilidade para investir na grelha. É uma situação que aspiramos a ter o mais breve possível, mas também não deixamos de compreender o nosso cliente em relação a uma decisão que é difícil nos tempos que correm.», confessa. «A situação degradou-se pela via do investimento, já que tem havido uma diminuição constante do mercado da publicidade, mas também acho que a situação se altera quando as audiências da novela são cada vez mais decisivas para a liderança da própria SIC. A SIC consolidaria a liderança com uma segunda novela», contou António Parente.

Atualmente, a SP Televisão está a trabalhar em «Dancin’ Days», na próxima novela da SIC e num novo projeto da RTP, uma série que é ambientada num hospital, estando a produtora a aguardar decisões da nova administração da estação pública.