SIC

«SIC consolidaria a liderança com uma segunda telenovela», diz António Parente

António Parente

«Dancin’ Days», a segunda coprodução da SIC e TV Globo, é atualmente a novela mais vista em Portugal, sendo líder de audiências. Produzida pela SP Televisão, António Parente, o patrão da referida produtora portuguesa, fala da liderança da novela e da ficção da SIC.

«A liderança veio no tempo certo. Quer nós quer o cliente estamos satisfeitos e de parabéns. Há outra coisa que é importante explicar: em ficção a qualidade faz-se com investimento. É fácil perceber que, quanto mais vezes forem repetidas as cenas, quanto maior for o investimento nos cenários, quanto mais experiência tiverem os actores, melhor.», começa por dizer António Parente à Correio TV, acerca da liderança de «Dancin’ Days», acrescentando que «lutamos com um problema importante: a margem que temos é inferior à concorrência porque fazemos uma novela e eles fazem quatro. Eles têm mais meios para aplicar no produto. Nós estamos limitados pelo facto de a nossa capacidade não estar completamente ocupada. O trabalho que temos não é o que precisávamos para estarmos mais confortáveis…».

E o que é que a SP Televisão precisa? «De uma segunda novela para resolver uma série de situações, nomeadamente a dos actores. Um actor que trabalha numa novela da SP naturalmente não terá trabalho a se seguir porque não podemos repetir os mesmos actores.», conta António Parente. E é aqui que surge, mais uma vez, a confissão de que a SIC pondera vir a ter duas novelas nacionais em exibição: «Tentamos convencer todos os dias o nosso cliente SIC da importância da segunda novela. Mas, como se sabe, isso hoje está ligado à disponibilidade para investir na grelha. É uma situação que aspiramos a ter o mais breve possível, mas também não deixamos de compreender o nosso cliente em relação a uma decisão que é difícil nos tempos que correm.», confessa. «A situação degradou-se pela via do investimento, já que tem havido uma diminuição constante do mercado da publicidade, mas também acho que a situação se altera quando as audiências da novela são cada vez mais decisivas para a liderança da própria SIC. A SIC consolidaria a liderança com uma segunda novela», contou António Parente.

Atualmente, a SP Televisão está a trabalhar em «Dancin’ Days», na próxima novela da SIC e num novo projeto da RTP, uma série que é ambientada num hospital, estando a produtora a aguardar decisões da nova administração da estação pública.

  • hgfgh

    Não podem repetir os mesmo actores??! É o que vocês fazem xD LOL E basta a GFK sair, que a SIC perde num segundo a liderança… e aliás, a ficção da SIC não é líder! Primeiro, todas as suas novelas nunca lideraram por completo contra as da TVI (excepto o actual remake da Globo/SIC), e o resto das novelas são da própria Globo!

  • Bruno Azevedo

    Há pessoas que deviam mudar um pouco o discurso, já de si repetitivo, perante uma realidade nova. Independentemente de a ficção da SIC ser lider, que o é, ou mesmo que não seja, como disse este opinador anterior, importa realçar que a SIC cresceu, muito, na ficção da TVI fez o caminho contrário. E isto não é justficável com mudanças na medição de audiencias, nem é só mérito da SIC. Antes disso, é demérito da TVI, e de sucessivos erros que a sua direção tem tomado. Isto sim deveria estar a preocupar o opinador anterior.

  • Não transformem a SIC numa 2ª TVI, por favor…
    Canalizem antes esses meios para séries… fazem falta.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close