SIC TVI

Samora poderá ter de pagar uma “indemnização avultada”

Fonte próxima da SIC revelou hoje ao “Correio da Manhã” que o agora exclusivo do canal, Rogério Samora, terá “ganho” a pseudo-batalha instaurada em tribunal entre a TVI e o ator, uma vez que alegando apenas ter um contrato de prestação de serviços, este decidiu rescindir com a estação em Dezembro de 2010, mesmo mês em que assinava um novo contrato de exclusividade para a concorrente SIC.

Os responsáveis de Queluz de Baixo confirmam a decisão do Tribunal da Relação, na vitória do ator em providência cautelar apresentada pela TVI, ainda assim sublinham que o tribunal apurou que o contrato que Rogério Samora tinha com a estação era um contrato de exclusividade e que se encontrava válido até 14 de Julho de 2011, o que o impedia, mesmo rescindindo contrato, de assinar com outra estação. Deste modo, é bem possível que o ator que está destacado para a próxima produção da SIC tenha de vir a pagar uma eventual indemnização, o que passará, obviamente, pela decisão dos responsáveis da TVI.

Para já, Rogério Samora prepara-se para a estreia de “Casamento em Jogo”, uma nova peça em exibição a partir de amanhã no Teatro da Trindade, em Lisboa.

Deixe um comentário

1 Comentário em "Samora poderá ter de pagar uma “indemnização avultada”"

avatar
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Bruno
Visitante

É por estas e por outras que certos artistas e outros que julgam que o são,perdem credibilidade no mercado artistíco.Existem artistas que rescindem contratos legalmente e outros que fazem tudo “à balda”como foi este o caso.Cumprimentos!!!

Quem deve vencer o SS7?

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close