Resumos SIC

“Rosa Fogo” resumo de 21 a 27 de maio

Rosa Fogo

178º Episódio

José sente-se sem forças para reagir ao poder de Matilde, que o acusa de ter magoado Gilda. O vilão nega, garantindo que a mãe é a pessoa mais preciosa que tem. Matilde grita dentro do gabinete que ele é um crocodilo e exige-lhe que deixe a sua família em paz. Quando a menina vai embora, José serra os dentes e diz, para si, que tem de acabar com ela.

Francisco explica a Vera Mónica que descobriu que Alberto é seu irmão. Ela acaba por aceitar o facto de Júlio ter cometido um deslize com Alzira, traindo Regina quando já eram casados. No entanto, Vera Mónica reage com desagrado, quando Francisco se recusa a perdoar Júlio e conta que vai sair de casa.

Cármen volta a transformar-se em Carla, mas baralha-se com a dupla personalidade e dá um estalo a Bilro, depois de ele dizer que gosta mais dela do que da mulher. Desfeia a confusão, voltam a envolver-se com grande paixão.

Glória e João Nuno tentam impor regras de higiene e organização em casa. No entanto, o máximo que conseguem é uma discussão. Aida e Samuel barafustam com Victor, enquanto Bilro e Cármen aparecem desgrenhados, vindos do quarto. Glória irrita-se e vai queixar-se a Alzira, transferindo a confusão para casa da prima. Ambrósio manda toda a gente embora, dizendo que Alzira não está bem e precisa de descansar. Glória não se conforma e diz, bem alto, que não vai desistir de repor a ordem em casa.

Matilde brinca nos campos da quinta Mayer com Dartacão. José, escondido na vegetação prepara-se para a matar com um tiro de caçadeira, mas é impedido por Javier que chega a tempo de impedir o pior. O vilão controla e disfarça a sua raiva, dizendo que estava a caçar perdizes. Depois de mandar Matilde para casa, Javier diz a José que já não se deixa enganar e que não gosta dele, prometendo ser mais enérgico, se voltar a vê-lo por ali.

Eduarda deixa Maria inquieta, por levantar a hipótese de José estar envolvido na morte de Diogo, pois descobriu que ele estava a chantageá-lo, plano de que também faz parte Amélie. A bailarina fica também a saber que ele tem andado a roubar Gilda para pagar as suas dívidas. Num ímpeto, Maria quer denunciá-lo à polícia, mas Eduarda avisa que ainda não dispõem de provas suficientes.

Catarina fica nervosa, depois de Estêvão atender uma chamada da polícia, a propósito da morte de Diogo. Para disfarçar, insiste com Diogo para que não vá trabalhar, ficando ao pé dela, pois está muito fragilizada com a tragédia que sucedeu. Estêvão controla a sua impaciência, mas não atende o pedido da enfermeira.

Javier mente a Matilde e diz que esteve a falar com José porque ele queria caçar na quinta. A menina avisa o caseiro que José é perigoso e pode tentar enganá-lo. Javier fica apreensivo.

Gilda controla o seu desconforto ao abraçar José e esboça um sorriso amarelo quando ele diz que não há melhor dia quando começa por abraçá-la. Matilde está de saída para a escola e surge acompanhada por Javier. José aproveita para justificar a sua presença, dizendo que foi matar saudades da caça. Matilde trata-o com frieza e Javier fulmina-o com o olhar. Já a sós com José, Gilda finge estar empenhada na venda da empresa de cosméticos.

Samuel tenta aproximar-se de Amélie mas ela deixa claro que apenas consente em conversar com ele, mantendo a distância que estabeleceu.

Maria é forçada a assinar os papéis para a venda da empresa de cosméticos, sob o olhar desolado de Amélie que é consolada por Eduarda.

Agostinho fica furioso quando Javier conta que José colocou em perigo a vida de Matilde, ao aparecer na quinta para caçar.

Gilda observa as suas joias, duvidando ainda de que José ande a roubá-las, trocando as peças originais por outras que manda falsificar.

Aida massacra Victor, exigindo que declame poemas como se fosse o poeta Tívor. Ele foge para a confeitaria mas acaba por ser apanhado. Aida consegue ainda apanhar a petição de Bilro e rasga-a em mil pedaços. Cármen ri de toda a situação, enquanto Ambrósio promete raspanetes a todos, pois deixaram a barbearia sem ninguém.

Alberto discute com Alzira, criticando a mãe por lhe ter escondido o caso que teve com Júlio e que é filho dele. Alzira fica muito fragilizada.

Alberto descontrola-se ao falar com Anita e deixa-a desconfiada, ao dizer que guardou segredos que envolviam crianças, mas que não admite ser tratado como tal. (conclusão)

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close