SIC

Raquel Strada “sem jeito” para representar

Raquel Strada


Numa altura em que prepara um novo projeto em Carnaxide e na mesma entrevista à revista Flash!, a apresentadora falou ainda sobre a representação, uma área que parece ter sido “posta de parte”.

“Tenho muito respeito pelos meus colegas atores, fiz três novelas e grandes amigos, no entanto, acho que não tenho muito jeito. Esforço-me muito, senti que tinha de trabalhar o dobro para estar ali. A televisão e a rádio são coisas naturais em mim. Acho engraçado criar uma personagem, acho é que não tenho bases para o fazer. A minha personagem em Floribella era muito parecida comigo, e foi mais fácil. Em Rebelde Way era a vilã e percebi as dificuldades de ser ator.”, começa por dizer.

Apesar de tudo, Raquel Strada não fecha as portas ao mundo da ficção: “Não digo que não o volte a fazer, mas para o fazer bem vou ter de estudar, aprender e entrar num papel com convicção. No entanto, não digo nunca a nada na vida”, concluiu.

Quem, entretanto, quiser ver Raquel Strada enquanto atriz, basta acompanhar a reposição de Rebelde Way, na SIC.

  • Duarte

    Acho que não se sai nada mal a representar, ja vi atores muito menos bons, para não falar dos mausue até recebem contratos de exclusividade.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close