SIC

Prestou homenagem a Camilo de Oliveira

A SIC brindou Camilo de Oliveira com uma gala comemorativo dos seus 60 anos de carreira. No sábado, a sala do Teatro Tivoli, em Lisboa, estava cheia e foram muitos os amigos que quiseram prestar homenagem ao actor, elogiando “uma vida dedicada ao trabalho e ao humor”.

Emocionado, Camilo de Oliveira, que desde o dia 1 de Julho é exclusivo da estação de Carnaxide, não conseguiu conter as lágrimas, sob o olhar atento da mulher, Paula Marcelo. “É um marco na minha carreira”, disse sobre a gala.

Camilo de Oliveira ao lado de Fátima Lopes na gala de homenagem

“Nunca trabalhei com ele, mas entrevistei-o várias vezes”, afirmou Herman José ao CM antes de entrar em palco, no camarim, enquanto afinava o som da guitarra. “Não o conheço muito bem, mas conheço muito da vida dele.” Por se tratar de uma homenagem a um humorista o apresentador do programa ‘Roda da Sorte’ preferiu cantar uma música. “Era um disparate vir aqui contar piadas. Preferi optar por cantar a música ‘Não é Fácil’”, adiantou. Herman José está convicto de que a homenagem que a SIC transmitiu anteontem à noite, apresentada por Fátima Lopes, foi muito merecida: “O Camilo vive em função do trabalho, por isso acredito que esteja a dar muito valor a esta gala”, concluiu, convidando o nosso jornal a entrevistá-lo em Nova Iorque quando também ele comemorar 60 anos de carreira.

Artur Agostinho, Eunice Mu-ñoz, Carlos do Carmo, Filipe la Féria e Mafalda Arnauth foram alguns dos artistas que fizeram questão de assinalar a data e também prestaram homenagem ao humorista.

Aos 75 anos, Camilo de Oliveira prepara a estreia de um novo programa original na SIC, em 2009. ‘Camilo, o Presidente’ gira em torno de duas corporações de bombeiros rivais e de duas vilas. “Há situações incríveis que podem ocorrer numa corporação de bombeiros”, explicou o humorista ao CM.

GALA EM DIRECTO NO SEXTO LUGAR

A transmissão em directo da gala de homenagem a Camilo de Oliveira ajudou a SIC a consolidar audiências. No sábado, o programa ‘60 Anos de Camilo de Oliveira’ ficou em 6º no dia, com uma audiência de 8,9% (correspondente a 846,500 telespectadores) e 31,4% de share. Ainda assim, esta homenagem não conseguiu suplantar a oferta da TVI, que voltou a liderar, com as novelas ‘Feitiço de Amor’, ‘A Outra’ e ‘Fascínios’ a conquistarem os três primeiros lugares na tabela.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close