SIC

«Podia Acabar o Mundo» está de regresso à SIC

«Podia Acabar o Mundo», que chegou em 2008 pela mão de Nuno Santos (então Diretor de Programas da SIC), marcou o início da aposta contínua na ficção nacional em horário nobre na estação de Carnaxide. Escrita por Manuel Arouca, a novela estreou a 1 de outubro de 2008 e, na estreia (que ocorreu por volta das 21:30), alcançou 6,6% de rating e 15,9% de share. «Podia Acabar o Mundo» viria a terminar a 3 de julho de 2009 (com 5,8% de rating e 29,5% de share, tendo sido exibido o último episódio por volta da meia-noite) com uma audiência média de 5,5% de rating e 20,5% de share.

Agora, a novela protagonizada por Diogo Morgado, Joana Seixas e Cláudia Vieira, vai regressar à antena da SIC. Está, assim, encontrada a novela substituta de «Perfeito Coração»! «Podia Acabar o Mundo» vai ser exibida no horário da hora de almoço e, ainda durante algum tempo, vai ser exibida em simultâneo com «Perfeito Coração».

Segundo a promoção que a SIC está a fazer, «Podia Acabar o Mundo» estreia na próxima segunda-feira, dia 9 de abril, após o «Primeiro Jornal».

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=lkEuxCShefs]

Sinopse

No passado, em Angola, quando cumpria o serviço militar, o jovem «Eduardo» (Marco Costa – nas cenas de 1975) jurou vingança a «João Maria» (Juan Gabriel Soutullo), pai de «Rodrigo» (Diogo Morgado) e hoje esse desejo é transferido para o filho («Rodrigo»). Tanto mais que «Eduardo» (Virgílio Castelo – na atualidade) se encontra apaixonado por «Vera» (Joana Seixas) e não suporta vê-la junto do marido. A história dos pais de «Rodrigo», «João Maria» e «Alice» (Danae Magalhães), encontra-se ligada à saga dos retornados de Angola, na medida em que no ano de 1975, desembarcam em Portugal com o filho, ainda bebé. Na altura, para os receber no cais, estão os pais de «Alice», «Alberto» (Carlos Mendes) e «Isabel» (Helena Ramos). No entanto, «João Maria» desaparece misteriosamente, sendo mais tarde encontrado num hospital, pela mulher. Fora espancado, atirado ao rio e salvo por pescadores e a sua honra é manchada por suspeitas relacionadas com tráfico de diamantes ou droga. Sentindo-se inseguro num Portugal em convulsão e para poupar a mulher e o filho, «João Maria» decide ir trabalhar para o Brasil, como piloto de aviação numa rica fazenda, cujo feitor é o seu padrinho. Com ele vai o jovem «Jeremias» (Miguel Sermão), um angolano que foi seu cabo mecânico na Força Aérea. É também neste desembarque que vem de Angola a família Silva, encabeçada pelos jovens «Vítor» (Manuel Wiborg – nas cenas de 1975), «Suzete» (Anabela Teixeira – nas cenas de 1975) e o filho «Rogério» (João Leiria – nas cenas de 1975).

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close