SIC

O primeiro episódio de “Rosa Fogo” (com imagens)

Rosa Fogo Face


A dois dias da grande estreia, A Televisão revela pormenores sobre o primeiro capítulo com algumas imagens.

Maria, bailarina de flamenco, confessa a Anita que está verdadeiramente apaixonada por Diogo. No final de mais uma actuação, em Buenos Aires, ele faz uma surpresa à namorada e leva-a até às cataratas da Foz de Iguaçu. No regresso a casa, dois automóveis atravessam-se na estrada e Diogo é raptado perante o desespero e impotência da amada. O que esta não sabe é que o rapto foi simulado por José para se encontrar com o seu cúmplice, Diogo. José, proprietário falido, pretende partir para Portugal e fazer-se passar pelo filho desaparecido de Gilda, a avó de Maria. Para conseguir os seus intentos conta com a ajuda do noivo desta última que, a mando do vilão a vai pedir em casamento, para se aproximar ainda mais da família Mayer. Deste modo, ao regressar ao hotel e já com a polícia à sua procura, Diogo finge-se muito perturbado pelo que aconteceu mas insiste em sair com Maria e, no meio da rua, com direito a musica e rosas pede a namorada em casamento, sem que esta suspeite das suas intenções.

Para prosseguir os seus intentos, José tem de ultrapassar um obstáculo que se chama Horácio, o verdadeiro filho de Gilda Azevedo Mayer, que trabalha como encarregado na quinta. A oportunidade surge quando este confessa ao patrão que está muito doente, com um tumor no fígado e que pretende regressar a Portugal para conhecer a mãe, antes de ser operado. Na eminência de morrer e apesar de o pai lhe ter dito que a mãe o abandonou, Horácio não quer saber da fortuna da família mas insiste em conhecer Gilda Mayer. José, que já há muito tempo planeava um esquema para ficar com o dinheiro da família Mayer, vê neste momento a oportunidade que esperava. Revelando uma frieza implacável e fingindo-se seu amigo, o vilão leva o empregado até às cataratas de Iguaçu e mata-o espetando-lhe uma faca nas costas. A mulher de Horácio vive momentos de angústia sem saber do marido, enquanto os trabalhadores com salários em atraso, acusam o encarregado de ter fugido com o patrão.

Em Portugal, na quinta onde vive, Gilda sente a nostalgia do passado e confessa à nora Joana, a quem trata como filha, como é triste verificar que da família restam apenas elas e as netas, Matilde e Maria, depois de ter perdido o marido e todos os filhos. Muito sobrecarregada pelo trabalho e em mais um regresso de Lisboa para a quinta, Joana acaba por ter um acidente, ao embater numa árvore, reconhecendo então que precisa de alguém que a ajude nos negócios.

Depois do rapto, Maria não quer permanecer em Buenos Aires e regressa a Portugal com o noivo, anunciando à família que vai casar. Todos ficam contentes, menos Matilde que não gosta de Diogo e sente a sua falsidade. E tem razão. Sabendo que Joana pretende contratar um outro gestor para a empresa, o cúmplice de José arranja um falso candidato e dá-lhe instruções sobre como deve impressionar a família. O plano resulta. Gilda, Eduarda, afilhada de Gilda e Joana ficam muito satisfeitas com o curriculum apresentado pelo candidato que Diogo arranjou.

De regresso a Portugal, Maria trás consigo a amiga Anita. Regina, irmã de Anita, comenta com o genro Manuel e com a filha Sofia o que aconteceu a Diogo. Sofia está grávida de três meses e depois de muitas tentativas falhadas, vive todo o tempo com receio de perder o bebé. Quando Manuel sai para o trabalho, o seu sogro, Júlio, está à porta às voltas com a mota estacionada no hall do prédio Fragoso Santos, onde Alzira é proprietária da confeitaria, a “Imperatriz”. Furiosa, Alzira pede a Júlio para tirar dali a mota. Como ele não lhe liga nenhuma manda o filho Alberto, retirar uma peça da mota. Quando Júlio regressa e descobre que falta a peça confronta a vizinha. A discussão começa e voam pratos pelo ar.

Enquanto prosseguem as entrevistas na quinta da família Mayer, Matilde brinca com os seus cães que adora mas, há um cachorrinho que foge passando a cerca em direcção à ravina, já fora da quinta. A filha de Joana precipita-se para o agarrar mas acaba por cair. Dartacão, o cão de Matilde, corre para a quinta a ladrar. Maria assim que vê o cão e estranhando a ausência da prima vai procurá-la, descobrindo-a agarrada a um pau com o cachorro ao colo e prestes a escorregar pela ravina. A bailarina faz um esforço para a puxar mas não consegue. Até que de repente, uma mão forte agarra as duas e coloca-as a salvo. Trata-se de Estêvão, mais um candidato ao lugar de gestor na empresa de cosmética da família. Matilde simpatiza logo com ele e insiste para que a avó o contrate. Joana e Gilda fazem a entrevista e gostam do rapaz. Estranham, no entant,o que apesar de ser solteiro, não tenha disponibilidade total, desconhecendo assim que Estevão cuida da mãe com Alzheimer. Perante as capacidades reveladas pelos dois candidatos preferem adiar a decisão.

No final das entrevistas mais alguém bate a porta só que desta feita não é nenhum candidato. É José que pergunta por Gilda e que, sem rodeios, se apresenta como sendo filho de Jorge Gomes. Perante o suposto filho que julgava perdido, há já vinte anos, quando Jorge fugiu com o menino para Buenos Aires, Gilda tem o maior choque da sua vida.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close