SIC

O final de “Laços de Sangue” (com imagens)

A poucos dias do grande final, A Televisão mostra-te o derradeiro capítulo de Laços de Sangue com algumas imagens. Contém spoiller.

Diana decide tomar uma injeção para parecer morta, uma vez que Graciete decidiu fazer-lhe o funeral. O médico legista e Luísa, ficam impressionados com a sua frieza. Depois de injetada, a vilã revira os olhos e desmaia. O médico coloca-a dentro do caixão, sendo levada pelos funcionários da funerária.

Diana é enterrada, sem que alguém verta uma lágrima por si. Apenas Inês lamenta que as coisas tenham acabado assim. Debaixo da terra, Diana permanece à espera que o coveiro que mandou subornar a vá libertar.

Inês despede-se de Graciete com um abraço, dizendo-lhe que conta com a sua presença na festa de aniversário de Tiaguinho. A florista é consolada pelo marido, que a percebe abalada pelo funeral de Diana. À medida que todos se vão afastando da cova, agora completamente coberta de terra, a vilã vai despertando dentro do caixão. Primeiro com uma respiração ofegante, depois controlando-se à espera de que o coveiro que foi subornado a liberte. O homem tenta cumprir a sua missão, mas é forçado a deter-se, devido à proximidade de uma mulher que troca as flores, numa campa ao lado. Diana começa a ficar perturbada com a espera.

Graciete admite a Noémia que mais do que enterrar Diana, enterrou uma vida de desgostos. Para esquecer as suas amarguras, a florista oferece-se para levar as filhas de Noémia à festa de anos de Tiago, onde vai com Filipa. Marisa reforça que Graciete é assim com toda a gente, sempre disposta a ajudar.

Inês confessa que ainda é difícil para si desligar de Diana, embora a irmã esteja, segundo pensa, morta e enterrada. João comenta com Isabel que é importante concentrarem-se no aniversário do filho.

Devido a uma reunião, Rita não pode ir ao aniversário do sobrinho Tiago. Acaba por ser uma contrariedade feliz, pois reencontra-se com Daniel na vila, acabando por se reconciliar com ele para a vida, beijando-se apaixonados, como sempre estiveram. Matilde e Martim aplaudem e saem do carro para se juntar a eles. Na herdade, Domingos confessa a Alzira e Sílvia que deu uma ajuda, ao avisar Daniel que Rita estava no Alentejo, ainda sozinha.

Sheila queima as roupas de Amaral e devolve-lhe as cinzas, pondo-o fora de casa, sem dó nem piedade. Armando oferece a César uma equipa para treinar, mas não é aquela que ele pensa. Dá-lhe a equipa de veteranas do Ribeirense, deixando o treinador em choque.

Durante uma batalha com Marisa, Sheila atinge com um melão, um rapaz que cai desamparado no chão. Trata-se de um jogador de futebol que acaba por se tornar seu namorado.

Entusiasmada pelo namoro com Miguel, Liliana decide voltar à faculdade para terminar o curso, apesar de não saber que curso quer frequentar. Noémia, de partida para a Alemanha onde vai trabalhar, diz ter pouca fé na amiga.

Entre apalpões e beijos, Armando convence Gi a ir com ele, para lhe proporcionar uma surpresa romântica. Leva-a com os olhos vendados a rebolar no lixo, situação que não agrada à mulher.

Diana, desesperada dentro do caixão, liga a Luísa mas a juíza não atende o telefone, preferindo dar andamento a um processo. César conforma-se com o lugar de treinador das veteranas do Ribeirense, embora proteste.

Manel comunica com João e conta que está a fazer umas férias, como uma espécie de lua-de-mel com Catarina.

O coveiro que deveria desenterrar Diana, morre depois de sofrer um acidente de mota. A vilã tenta que Luísa lhe valha, mas a juíza, em fuga do país, volta-lhe as costas. João decreta o óbito do coveiro, ao mesmo tempo que Diana dá o último suspiro, pagando por todos os pecados que cometeu.