SIC

O clã “Azevedo Mayer” de “Rosa Fogo”


Com as gravações a decorrem a todo o gás, vão surgindo cada vez mais notícias sobre os diferentes núcleos da próxima telenovela da televisão de Carnaxide. É a TV 7 Dias desta semana que revela alguns pormenores sobre o clã Azevedo Mayer, a família sobre a qual incide a principal ação de Rosa Fogo.

É na zona oeste de Portugal que se situa a quinta Azevedo Mayer, uma das mais conhecidas e ricas da região. É aqui que se faz criação de cães labradores e que Gilda (Irene Cruz), Joana (Soraia Chaves), Maria (Cláudia Vieira) e Matilde (Matilde Miguel) passam férias e fins-de-semana.

A matriarca da família, que já está afastada da Florella é que mais usufrui do espaço. O marido era um grande colecionador de arte e imobiliário, que acabará por ser roubado, aos poucos, por aquele que Gilda pensa ser o seu filho, mas que não passa de um impostor, José da Maia (Rogério Samora).

Carlota (Ângela Pinto), a empregada da quinta, acompanha a patroa sempre que esta vai a Lisboa, mas adora trabalhar na quinta. É uma mulher muito simpática, faladora, compreensiva e vive para a família, sendo a grande confidente de Gilda, com quem esta falará sobre o que sente em relação ao suposto filho e à neta Matilde. O marido, Agostinho (Joaquim Nicolau) é sisudo e concentrado no trabalho que desenvolve. É ele quem gere a criação dos labradores que se faz na quinta.

Todo este universo que rodeia as três grandes mulheres que dão o mote a Rosa Fogo sofrerá um grande abalo com a chegada de José da Maia (Rogério Samora) e nada será como dantes.

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close