Ídolos SIC

Mónica Mendes não ficou «nada chateada» com a saída do «Ídolos»

No domingo passado foi para o ar a terceira Gala em direto do «Ídolos» e a segunda em que foi expulso um dos 10 finalistas. Depois de André Abrantes ter sido o primeiro finalista a abandonar o programa, chegou a vez de Mónica Mendes lhe seguir os passos e ficar em 9º lugar.

A Gala passada foi dedicada à música portuguesa e aos anos 80. Mónica Mendes, que interpretou «Anzol» dos Rádio Macau, teve uma das prestações mais elogiadas do júri, mas acabou por ser expulsa. A concorrente podia ter sido salva pelos jurados, mas estes, apesar de terem mostrado o seu descontentamento por a jovem ter sido a menos votada, acabaram por não usar este «poder». Para Nikolai, namorado de Mónica, a saída foi, para si, «injusta e uma surpresa», tal como para o pai da jovem, Óscar Mendes. Mas no final da Gala, Mónica mostrou-se muito animada: «Já se irritaram imenso comigo ali dentro por eu não estar triste e a chorar, mas eu não estou nada chateada.», começou por dizer a concorrente à revista TV7Dias, acrescentando que «Não saí mal. Saí com elogios, a cantar em português, e quero imenso que eles agora mostrem que merecem cá ficar.».

Mónica Mendes, após a saída do talent show da SIC, vai deixar em stand by a sua inscrição na faculdade na Alemanha para poder «aproveitar o verão e vir apoiar os amigos às Galas.», disse em jeito de conclusão.

  • carlos

    Fantástico caráter dessa menina.
    Desejo muito sucesso em tudo o que fizer.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close