SIC

Margarida Carpinteiro acreditou sempre no êxito de “Laços de Sangue”

De regresso às telenovelas, das quais estava afastada desde 2008, ano em que participou em Fascínios, a atriz deu vida à Graciete de Laços de Sangue. Mais de um ano depois de aceitar este desafio, Margarida Carpinteiro mostrou-se bastante feliz e com o sentimento de missão cumprida, durante a festa de encerramento da “novela da nossa gente”.

“Este foi um dos maiores projetos da minha vida. Sempre acreditei que ia ser um êxito, mas foi a melhor novela que fiz desde Vila Faia. Foi desgastante, mas foi um desafio que gostei. Agora vou parar”, começa por dizer à TV Guia, acrescentando que o tempo agora é para descansar: “Vou para a minha Praia das Maçãs. Gosto muito daquele sítio. Viajar, para mim, não são férias. Serve para me informar… É trabalho. Férias é a minha Praia das Maçãs com aqueles restaurantes ótimos”, frisou.

Aplaudida e elogiada por todos os colegas, Margarida Carpinteiro adiantou ainda: “Abracei umas 40 pessoas. Despedi-me delas todas”, até porque estes treze meses de trabalho foram “Laços de Sangue que se criaram entre todos”, finalizou.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close