SIC

Luís Marques: “Se a RTP quer bons apresentadores, tem de pagar o preço de mercado”

luismarques francisco pinto balsemao

Muito se tem falado dos ordenados milionários oferecidos aos apresentadores da estação pública, levando muitos destes a ficarem constrangidos com tal situação. Assim, Luís Marques veio esta semana admitir à Notícias TV que esse é um um assunto delicado e mais complexo do que aquilo que aparenta ser.

Afinal, o mercado da comunicação funciona de uma maneira diferente e, para a estação pública ter programas direccionados para o grande público, necessita de contar com apresentadores de peso. “É evidente que é facil dizer que os ordenados dos principais apresentadores da RTP são altos. É um argumento fácil, mas é um bocadinho demagógico. Porque este mercado, como todos os mercados, funciona na base da oferta e da procura. Se as televisões querem ter bons comunicadores e apresentadores, têm de lhes pagar os preços de mercado”, explicou Luís Marques.

Assim, e “se o serviço público deixar de ser um canal que tenha grandes formatos de entretenimento, concursos, talent shows ou game shows então, provavelmente, esse canal não precisa de ter esses profissionais como a Catarina, o Malato, o Fernando Mendes, etc, etc. Agora, se os quer ter, e os quer ter com algum tipo de qualidade, tem de ter esses profissionais”, acrescentou ainda o diretor-geral da SIC.

Está assim dado o ponto de vista de um dos homens fortes do audiovisual português, vindo assim dar um outro ponto de vista sobre um assunto que tem marcado as últimas notícias televisivas.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close