SIC

Luciana Abreu acredita que a irmã foi «tratada com má educação» no «Ídolos»

Foi durante a noite de ontem que a eterna Floribella conquistou mais uma vitória na segunda temporada de A Tua Cara Não me é Estranha. Contudo, no final da emissão, Luciana Abreu estava preocupada com o que se passara no casting da irmã no Ídolos.

“Tenho pena e sinto uma tristeza enorme por ter sido tratada com tanta falta de educação e tanta rudez. Mas também não é nada de surpreendente. Dizem que ela se aproveita do facto de ser minha irmã, mas andaram a semana toda a promover o programa deles com imagens da minha irmã no casting e imagens minhas. Até dá a sensação que são eles que se estão a aproveitar da minha imagem e não ela”, começou por dizer a cantora à edição online da revista VIP, acrescentando que “ela não está a ter o sucesso que merecia porque está a ser rotulada como irmã da Luciana. Ela tem muito talento, mas estão sempre a colá-la a mim… As pessoas deviam começar a olhar para ela pelo que ela é”.

Apesar de tudo, a concorrente de A Tua Cara Não me é Estranha 2 acredita que Luísa Abreu ainda vai ter uma carreira no mundo da música: “Ela é uma boa cantora. Se assim não fosse não a tinha deixado sair de casa naquele dia, porque, acima de tudo, amo a minha irmã. Eu com a idade dela, um bocadinho mais nova até, levei muitas negas e não foi isso que me fez desistir ou ter vergonha”, explicou.

A terminar, Luciana Abreu acrescentou que não acredita que toda esta polémica seja uma “guerra surda” entre Manuel Moura dos Santos e Luís Jardim.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close