Resumos SIC

“Laços de Sangue” – Resumo Semanal (16 a 22 de maio) – Com fotos!

logo-Lacos-de-sangue

Atenção que esta notícia contém informações sobre o que vai acontecer em breve na novela Laços de Sangue da SIC.

Diana consegue mais uma vez manipular a mãe

Diana usa toda a sua técnica de manipulação e consegue desarmar Eunice, que não tem coragem de disparar contra a própria filha. A vilã abraça a mãe que só consegue chorar. O choque psicológico é demasiado para Eunice que fica num estado de letargia, sem reagir a qualquer estímulo. Diana estranha a reacção da mãe num primeiro momento e grita com ela, mas depois fica indiferente à sua apatia. De tal forma que aceita sair de casa para um encontro com Nuno, deixando Eunice só e abandonada no sofá da sala.

 

David adora o quarto que Jaime lhe preparou

Jaime convence Isabel a levar David a sua casa para lancharem. A criança adora estar em casa do chef do M e diz que não se importa de viver ali para sempre. Jaime e Isabel ficam sem palavras, pois David reforça que não se imposta nada que eles sejam namorados, até gosta.

David fica maravilhado com o quarto que Jaime lhe destinou para dormir e diz que não se importava de viver naquela casa para sempre. Isabel e Jaime decidem então contar a David que são namorados. Ficam sem reacção quando o miúdo, com muita graça, diz que já sabia.

 

Armando não perde o interesse na fábrica de enchidos, Gi percebe que Victor é um vigarista

Armando protesta com Gi que insiste em manter o seu treinador pessoal. O empresário ameaça transformar Micael num eunuco se Gi não o mandar embora. De seguida liga a Victor mas este recusa vender a fábrica de enchidos pela verba que Armando propôs e aconselha-o a subir a oferta.

Victor murmura entre dentes que em breve terá uma bela reforma.

Gi percebe que Victor é um vigarista e continua a insistir com Armando para que não compre a Campo Frio outra vez.

Fátima, Catarina e António estão a conversar sobre o comportamento estranho de Victor na gestão da fábrica de enchidos, mas disfarçam que estão juntos quando ele se aproxima.

 

Inês consegue libertar-se e foge!

Inês consegue libertar-se das cordas que a prendem. Sente que Diana está a chegar e finge-se morta. Quando a irmã se aproxima dela luta, conseguindo fugir. Diana grita, enraivecida e vai no encalço de Inês.

Inês consegue fugir de Diana enfiando-se no carro de um automobilista que obriga a parar. Diana grita com ódio na rua por Inês e quase consegue alcançá-la. Ao perceber que perdeu a batalha, Diana regressa à cave onde sequestrou a irmã para limpar qualquer prova que a possa comprometer perante a justiça.

Manel e Catarina acolhem João em casa, pois o amigo está desesperado sem ter para onde ir, afectado com o desaparecimento de Inês. Nesse instante, Inês chega a casa dos Caldas Ribeiro, muito mal tratada. Francisca e Adelaide socorrem-na, incrédulas ao ouvirem dizer que foi sequestrada e quase morta por Diana. Adelaide está tão indignada que quer chamar a polícia, mas Francisca opta por chamar João. O médico sai mais depressa que uma bala da casa de Manel e Catarina, chegando rapidamente junto de Inês a quem abraça com grande emoção.

Diana regressa a casa tão furiosa a casa por ter deixada escapar Inês, que nem liga a Eunice que permanece quase estática à frente da televisão, chorando apenas. Como uma psicopata, começa a manipular a mãe como se ela estivesse bem de saúde.

 

Polícia Judiciária tenta prender Diana, mas esta consegue fugir!

Inês faz para a Polícia Judiciária a reconstituição do sequestro de que foi vítima. É com grande sofrimento que relata aos agentes o que sofreu, enquanto não conseguiu libertar-se. Gastão acompanha todo o depoimento, enquanto João a abraça quando tudo termina. Os peritos da polícia encontram impressões digitais de Diana e seguem de imediato para a prenderem em casa de Eunice. Percebendo o que se passa, Diana consegue escapar por uma escada de serviço do prédio, deixando Eunice prostrada na sala. Os agentes percebem que a vilã está em fuga e perseguem-na.

Diana consegue escapar à polícia fugindo de carro.

Inês fica em pânico ao saber que a irmã conseguiu fugir á polícia. Fragilizada, só quer ver Tiago que abraça emocionada. Tiago mostra-se revoltado pelo facto da polícia ter deixado escapar Diana.

Apesar da adversidade dos acontecimentos, Gastão diz que Diana vai ser capturada, enquanto Francisca e Adelaide desejam ter paz, de uma vez por todas.

 

António desconfia de Victor e conta à Fátima e Catarina

Armando continua a insistir em pressionar Victor para que lhe venda a fábrica de enchidos. Quando lhe telefona, fica ofendido, pois Victor atende a chamada a despachar, porque está acompanhado por António e não quer que se saiba que equaciona vender a Campo Frio. Apesar desse cuidado, António percebe que o telefonema que escutou tem algo de estranho e vai dar conta disso a Fátima e Catarina.

 

Diana liga a Inês para marcarem um encontro sozinhas e caem ao rio

Gastão informa que a polícia pediu um mandato para entrar em casa de Eunice. Inquieta com o que ouve, Inês diz temer que Diana tenha feito mal à mãe.

Diana livra-se do carro em que fugiu da polícia e apressa-se a comprar outro, para escapar ao controlo das autoridades que a perseguem. Liga então para Inês a marcar um encontro, avisando a irmã que deve apresentar-se sozinha, pois se não o fizer, coloca em perigo a vida de Eunice. Inês vai ter com Diana, vigiada de perto pela polícia e por João, que segue toda a operação.

Ao aperceber-se que caiu numa cilada, Diana força Inês a entrar no carro sob a ameaça de uma pistola, colocando-se de novo em fuga. Os agentes conseguem fazê-la despistar, encurralando-a junto ao rio. Desesperada, Diana atira-se de um penhasco, arrastando Inês consigo. João reaje em pânico e atira-se também à agua para salvar Inês.

João salva Inês e Diana é dada como morta

João consegue salvar Inês mas perde Diana de vista.

Ignorando o drama que se desenrola, Francisca acende uma vela, pedindo protecção divina para João e Inês. Gastão está convencido que Diana será detida em breve, mas Adelaide mostra-se menos optimista, vincando que ela não deve ser subestimada.

João e Inês são assistidos pelos paramédicos. Inês implora à polícia que descubra a irmã, pois não quer viver atemorizada com a possibilidade de voltar a ser atacada por Diana.

António fica de boca aberta ao saber que Diana raptou Inês. Graciete deseja que a vilã pague por todo o mal que fez.

Os mergulhadores iniciam as buscas para resgatar Diana ao rio.

 

Graciete fica em choque ao saber da morte de Diana

Ignorando que António e Graciete ainda não sabem de nada, Sheila dá-lhes os sentimentos pela morte de Diana. A florista fica em choque, chorando a morte da filha adoptiva. Marisa olha-a cheia de pena, enquanto António deixa escapar que Diana está a pagar pelos seus erros.

 

Inês e Tiago ficam angustiados com o estado da mãe

Inês começa a ter pesadelos, pensando que está a morrer afogada, tal como sucedeu quando Diana a salvou.

Incomodada por não saber nada da mãe, Inês acompanha a polícia que força a entrada em casa da mãe. Inês grita, em choque, ao ver Eunice sentada sem esboçar qualquer reacção.

Tiago e Inês ficam angustiados ao encontrarem a mãe num estado de letargia profundo. João chama um médico amigo, que não tem dúvidas ao afirmar que Eunice sofreu um grande distúrbio emocional, sugerindo que deverá ter acompanhamento psicológico e medicação adequada. Inês decide ficar em casa da mãe para poder cuidar dela. Tiago assegura que vai dar toda a ajuda necessária, tal como João.

 

Luís é preso após denúncia de Sandra

Isabel lembra-se de fazer uma visita a Sandra levando David consigo. Sandra é apanhada de surpresa e dificilmente contém as lágrimas. Chora apenas quando eles vão embora e toma a decisão de denunciar Luís à polícia, acusando-o de violação. Os agentes reúnem as provas necessárias e prendem Luís na Ioiô. Apesar de negar as acusações, Luís é levado para a esquadra, sob o olhar atónito de Manel, Ricardo e Nuno.

Isabel estranha bater com o nariz na porta quando vai entregar David ao pai. Começa a pensar que se trata de uma estratégia de Luís para lhe retirar a custódia partilhada do filho.

Catarina sabe por Manel da prisão de Luís e diz que ele bateu no fundo.

Luís clama inocência na esquadra para onde foi levado, comportando-se da pior maneira possível. Um dos agentes ameaça colocá-lo com outros detidos, para ver como eles tratam os violadores.

Isabel, por seu lado, estranha que Luís tenha desaparecido sem qualquer explicação. Decide ligar a Manel e fica em estado de choque quando ele conta que Luís foi preso, acusado de ter violado uma mulher. Isabel fica aflita e esconde a notícia de David, que estranha a ausência do pai. Jaime fica com a boca aberta de espanto, pelo que está a acontecer.

Isabel vai à cadeia confrontar Luís com o crime que cometeu. Arrogante, o ex-marido tenta atacá-la mas é impedido por um agente da PSP que o agarra. Antes de sair, Isabel deseja que Luís apodreça na cadeia, perante o seu olhar furioso.

 

Polícia suspende as buscas para encontrar Diana

A polícia suspende as buscas por Diana. Inês não se conforma, irrompendo em lágrimas, ao mesmo tempo que grita que nunca mais conseguirá ter paz.

Inês teme que Diana reaparece para lhe fazer mal e diz que só terá descanso quando vir a irmã dentro de um caixão.

 

Victor aceita a proposta de Armando em vender a fábrica

Gi, contrariada, recebe Victor para jantar a pedido de Armando. Este consegue que Victor aceite a sua proposta e a promessa de que ele vai convencer as operárias a vender a fábrica. Victor garante que assim que o dinheiro combinado for depositado na sua conta, conversa com as colegas.

Gi não se cansa de recriminar Armando e insiste em que as operárias não merecem que ele compre a fábrica que quase levou à falência.

 

Tiago e Inês contam a Eunice que Diana caiu ao rio e desapareceu

Por ordem do médico, Tiago e Inês contam a Eunice que Diana caiu de novo ao rio e desapareceu. Eunice reage finalmente e, em lágrimas, abraça os filhos gritando que Diana teve o que mereceu. Inês e Tiago, quase ficam sem reacção.

 

Pode ver as fotos destas cenas na galeria de fotos em baixo:

[nggallery id=4]

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close