SIC

Júlia Pinheiro tranquila com resultados de “Querida Júlia”

Na antena da SIC há mais de três meses, o novo programa das manhãs ainda não conseguiu captar uma grande audiência. Depois de Luís Marques comentar os baixos resultados de Querida Júlia, é a própria apresentadora que fala sobre isso, em entrevista à TV Guia desta semana:

“É muito cedo para fazer balanços, é prematuro e disparatado estar a medir o que quer que seja. As coisas medem-se em anos, não em meses. Mas está a ser muito desafiante e complicado, porque tenho uma concorrência muito boa”, começa por dizer, acrescentando: “Era o que estava à espera. Não contava era que a antena da SIC tivesse comportamentos ‘esquizofrénicos’, como um dia dar sinais de que as coisas estão a mudar e no dia seguinte está diferente. Ainda para mais, venho de uma televisão que não tinha assimetrias muito marcadas, era tudo muito contínuo e igual. A manhã também é o horário mais difícil, que exige uma forte componente de criação de laços”.

Ainda assim, Júlia Pinheiro não está desmotivada: “Não. Nunca. Estou muito tranquila, serena e vou continuar a ser a mesma leoa e continuar a andar para a frente.”, explica, até porque: “Sei que os números são magrinhos, mas não é nada que me tire a força e o combate. Antes pelo contrário, até é mais giro. Nunca tive a pretensão de deixar o terceiro lugar em três meses. Acho engraçado que se fale nas manhãs, mas ninguém fala do prime time. Eu tenho uma vitória à noite e a TVI tem três novelas em queda… mas ok, querem falar das manhãs, falamos.”

Confrontada com o facto de Querida Júlia ter, por enquanto, números mais baixos do que o antecessor, a comunicadora foi perentória: “Companhia das Manhãs teve mais tempo no ar do que está Querida Júlia. Teve tempo para se impor e depois não introduziu nenhuma rutura com os programas anteriores: era tudo mais ou menos igual. Eu, de facto, é que cheguei para fundar uma identidade e um perfil nas manhãs. E isto demora tempo para as pessoas se adaptarem. É um trabalho diário, lento e de proximidade. Mas espero daqui a nove meses ter mais espetadores, como é óbvio”.

A terminar, Júlia Pinheiro, deixou uma meta definida: “Não faço futurologia, nem me vou comprometer, pois não sei como vai ser o panorama televisivo daqui a uns meses… mas posso dizer que espero ter muitos mais espetadores do que Companhia das Manhãs tinha num ano”.

  • Tiago

    Vitória????
    a maior parte das vezes perde para Remédio Santo e para Perdidos na Tribo…
    Isso pode-se chamar vitória????

    • Bruno

      Mas em compensação, a SIC tem uma novela Líder de audiências-na Segunda-feira(foi a última vez que consultei a tabela de audiências),destronou a novela “Remédio Santo”-que ficou em 3º lugar e “Anjo Meu” que ficara em 2º lugar.É a primeira vez que a SIC consegue pôr uma telenovela portuguesa em 1º lugar!Podera,trata-se de uma história dinâmica e não a seca das da TVI.E olhe que fala,um ex-espectador das novelas da TVI!!!Temos que ser sensatos:as novelas da TVi são sempre do mesmo;senão repare:Assim que vi o primeiro episódio de “Remédio Santo” desisti logo:é em muito,idêntica à novela de grande êxito da Globo “Roque Santeiro”…curiosamente tal facto,foi publicado na imprensa pelas semelhanças.Já relativamente aos programas da manhã,o “Você na TV” não era líder de audiências no seu início,pois como sabemos,a própria TVI era um canal inconstante no que toca a progrmas matinais.Com a contratação de Manuel Luis Goucha,tudo veio mudar.O mesmo se diz do programa de Júlia Pinheiro que ,tem que ser limado para vingar….e isso demora bastante tempo!Também não gosto do Peso Pesado,pois é uma adaptação muito mal feita,já o “Perdidos na TRibo”está idêntica ao original norte-americano”Ticket to the tribes” e à versão espanhola, que neste momento optaram por relançar o programa que fez um sucesso estrondoso no páis vizinho:desta vez alguns dos elementos das tribos é que visitam os concorrentes na cidade!Saliento que a única diferença para com o nosso,é que as versões originais têm como concorrentes 3 famílias e não 3 grupos de famosos!Saudações!

  • L Margarida

    Querida Júlia é uma derrota pessoal da apresentadora que se mudou para a sic com a clara intenção de liderar no imediato as manhãs televisivas e que afinal faz resultados absolutamente desastrosos desde o seu início.
    E é claro que a Júlia Pinheiro foi contratada para vencer de caras, daí o forte investimento na apresentadora que se julgava capaz de cativar o público que afinal lhe é totalmente indiferente…
    A mim não me espanta este fiasco pois a forma da senhora fazer televisão é rídicula para não dizer idiota!
    Não lembra ao Diabo rebolar-se no chão, obrigar os convidados a fazerem disparates em vez de os entrevistar dignamente como tão bem faz por exemplo o Daniel Oliveira ou abordar assuntos deprimentes logo pela manhã com aquela voz capaz de irritar um santo… 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close