SIC

Júlia Pinheiro: «Temos que celebrar o passado e ousar no futuro»

A propósito do vigésimo aniversário do terceiro canal, ocorreu a gravação de um novo hino da SIC. Confrontada com um ambiente repleto de otismismo e boa disposição, Júlia Pinheiro adiantou que estar com tantas pessoas queridas em simultâneo se transformou num sensação única. «Tivemos um momento muito engraçado, muito sentido e, sou franca, fiquei muito comovida! Ainda não tinha tido a oportunidade de estar com esta gente toda, a não ser nos Globos de Ouro. Mas foi bom ver, por exemplo, o Augusto Madureira que era meu colega de redação há 20 anos».

Em relação ao que sentiu no início do seu regresso à estação de Carnaxide, a apresentadora referiu que considerava o terceiro canal fechado. «Aquilo que senti nos primeiros tempos em que vim para a SIC foi que muitos espetadores estavam longe. A estação estava um bocadinho fechada sobre si própria. Neste momento, estamos a tentar abrir frentes, devagarinho, para que se estabeleça essa comunicação e ao mesmo tempo tentando inovar e fazer propostas novas e não parando no tempo. Temos que celebrar o passado e ousar no futuro».

De salientar que o hino conta com várias caras da SIC, desde a apresentadores, atores, jornalistas e até artistas nacionais, como Os Homens da Luta.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close