SIC

Júlia Pinheiro «levou nas orelhas» de Francisco Pinto Balsemão

Quando, no passado domingo, Francisco Pinto Balsemão subiu ao palco do Coliseu dos Recreios para receber o Globo de Ouro de Mérito e Excelência, a surpresa na sala foi geral. E é mesmo verdade que poucas pessoas sabiam que seria o Presidente do Grupo Impresa a receber o prémio. Feliz e emocionado, Balsemão acabou por dar um puxão de orelhas a Júlia Pinheiro tal foi a surpresa.

Foram mais de dois os meses de preparação e apenas cinco pessoas conhecedoras do processo. “A informação esteve sempre confinada a quatro ou cinco pessoas”, explica a apresentadora à edição desta semana da revista Notícias TV, acrescentando em seguida como tudo se passou. “A ideia surgiu de modo natural durante um almoço em que estava eu, a Gabi (Gabriela Sobral, diretora de Produção da SIC), a Fernanda Dias (diretora da Caras) e a filha do dr. Balsemão, Mónica”, recorda. “Reunimo-nos para delinear os globos e surge logo a questão de Mérito e Excelência, que exige sempre a cumplicidade de alguém.”

Numa primeira fase, Mónica Balsemão, diretora de Marketing do Grupo Impresa, foi a mais reticente. “Ela estava na pele de responsável da empresa e numa situação complicada. Tivemos de forçar um bocadinho”, adianta a cara do Querida Júlia. De seguida, as quatro mulheres enganou o “chefe” e entregou-lhe uma shortlist “com quatro ou cinco nomes candidatos ao prémio”, em que o nome dele não constava, para decidir quem iria receber o troféu Mérito e Excelência.

Com o aval de Luís Marques, o passo seguinte foi convencer a mulher do empresário. “Depois de um momento de reflexão, ela compreendeu a expectativa e de como gostaríamos que este ano o prémio fosse entregue ao Dr. Balsemão”. Daí à prática foi um instante: “Mercedes Balsemão procurava e facilitava todo o material fotográfico privado para que fosse possível fazer o clip de apresentação”. Ainda segundo Júlia Pinheiro, a ajuda da filha do casal foi fundamental: “ajudou bastante ter como interlocutora e na organização deste prémio a filha Mónica, que também nos foi dando material.”

Estava tudo pronto e até no grande dia, Francisco Pinto Balsemão pensava que iria ao palco entregar o troféu. E até aqui a equipa de cinco mulheres teve que entrar em acção: “Explicamos que, desta vez, a gala seria um pouco diferente e que seria ele a sair da plateia logo com eles”, explica a directora de Conteúdos da SIC.

Só depois compreendeu que o papel que levava na mão já não era necessário porque o improviso era agora sobre o próprio Balsemão. “Ficou muito comovido quando viu os filhos, porque foi uma surpresa muito genuína. Senti o carinho e senti que foi uma manifestação de grande apreço”, avalia Júlia Pinheiro. E justifica: “Se há pessoa que merecia esta distinção, era ele. Muitas vezes constrangemo-nos com critérios que não fazem sentido. Os homens e as mulheres de valor têm de ser exaltados e acarinhados mesmo que circunstancialmente seja o patrão.”

No dia seguinte, o “boss” ligou a Júlia Pinheiro e agradeceu-lhe a surpresa: “Ele foi muito gentil, ligou-me na segunda-feira, dia 21, a dizer que tinha gostado muito. Ainda lhe perguntei se podíamos fazer mais patifarias, mas disse-me logo que não…”, recorda. Divertida, a comunicadora admitiu que “não é bonito enganar o boss, mas nós conseguimos” e “ao contrário do que se costuma dizer de uma estação de televisão, que nunca se consegue guardar um segredo, nós, aqui, somos muito organizados e ninguém soube”.

A terminar, Júlia Pinheiro acabou mesmo por confirmar que “levei nas orelhas por causa disso”.

  • Sergio

    Que o Dr. Pinto Balsemão tenha recebido esse prémio, penso que ninguem discordará mesmo porque se trata de uma pessoa que ao longo dos anos só tem revelado bom caracter, sentido de responsabilidade, profissionalismo, amor à Pátria, …. e um sem numero de atributos que merecidamente poderia aqui enumerar. Quanto à Julia Pinheiro e ao facto de ter levado um puchão de orelhas, acho que foi muito brando. Esta Senhora (e com o devido respeito que merece como qualquer pessoa) está a afundar as manhãs da SIC. Desde que esta estação deixou “fugir” a Fatima Lopes para a TVI as manhas na companhia da SIC deixaram de ter interesse. Sou fâ da SIC e gostaria de ver outra pessoa a conduzir o programa das manhas. É a minha opinião e como é obvio vale o que vale….

    • biller

      A concorrência tem sido muito forte: a dupla da TVI não tem dado hipóteses. É mais mérito da concorrência do que demérito da Júlia e da Endemol.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close