SIC

Francisco Penim defende “Peso Pesado 3” já no início de 2012

Depois de vários meses a escrever para o jornal Correio da Manhã, o antigo diretor de programas do canal de Carnaxide é agora um dos cronistas da renovada Notícias TV. E no seu Primeira Fila desta semana defende a aposta na terceira série de Peso Pesado já para o próximo ano.

Em maio, quando Peso Pesado começou a registar tão bons resultados de audiência para a SIC, foi natural a decisão de se produzir uma segunda temporada, hoje no ar. Mas muito mudou desde esse momento. Desde já, o aumento estrondoso do consumo de cabo como um todo que ultrapassou todos os canais generalistas, criando um contexto de resultados de audiência muito diferente daqui para a frente. Depois, porque a concorrência de Peso Pesado na TVI deixou de ser um indigente Perdidos na Tribo para se tornar num muito competitivo Casa dos Segredos. Finalmente, porque a SIC melhorou o conteúdo do programa: Bárbara Guimarães é mais eficaz do que Júlia Pinheiro (dedicando-se ao programa da manhã, que precisa desesperadamente de melhores dias), os novos gordos são melhores do que os primeiros, a nova personal trainer resulta melhor do que a antecessor, a produção técnica da Fremantle está mais cuidada e houve melhoramentos nos cenários, nos conteúdos e na edição de imagem. Peso Pesado tem mais vantagens de grelha ao ser mais barato do que uma novela, ao permitir programação cruzada de conteúdos e ao trazer públicos distintos para a antena. A dificuldade atual de Peso Pesado chama-se resultados de audiência quando comparados com os da primeira temporada: os programas diários têm menos seis pontos percentuais e o programa de domingo menos 9,5 pontos. Agora, em Outubro, a SIC tem de decidir se produz ou não a terceira temporada e para quando. No estrito âmbito do programador, a melhor decisão é avançar rápido em nome da competitividade face à concorrência. Uma terceira temporada de Peso Pesado na SIC contra um conteúdo diferente de Casa dos Segredos na TVI vai fazer melhores audiências, entregará mais público a Rosa Fogo que ainda não repetiu o sucesso de Laços de Sangue, criará melhor fidelidade junto dos telespetadores e melhorará a imagem da SIC – uma estação que, com o objetivo último de ser comercial, consegue promover a saúde, o exercício físico e a boa forma consegue ser melhor do que outra estação que, com objetivos indênticos, entretém.

Esta é a opinião de Francisco Penim. Resta saber se Luís Marques, Gabriela Sobral, Luís Proença e Júlia Pinheiro terão estes argumentos em consideração quando decidirem sobre a continuidade da versão nacional de The Biggest Loser.

  • Anónimo

       Ele só se esqueceu de um pequeno grande GRANDE pormenor: é que o público já está cansado deste formato já na segunda edição, imaginem numa terceira edição! Por favor. 
       E acha mesmo que a TVI não vai apostar num formato forte para o inicio de 2012? Claro que vai. Mesmo sendo “Perdidos na cidade” ou “Uma Canção Para Ti”  ou um novo formato, serão fortes. 

  • Baboo

    Estou de acordo ! Acho que a terceira temporada dava bem ! dava um “nome” ao canal… isso é bom 🙂 bjs

  • Jojo

    Em certa parte concordo com ele mas outra edição do Peso Pesado já pro ínicio do ano, vai enjoar quer dizer já enjoa foi como o ídolos não sei porquê que gostam tanto de estragar os programas sempre repetindo-os vez sem conta num curto espaço de tempo!

  • Carla

    concordo plenamente, abram já os castings e ajudem mais 20 pessoas incluindo eu a perder peso e sentirem se  bem consigo própria =) Força Sic !!!

  • Pedro

    Eu gostava de ver a terceira temporada. Não era ma ideia.

  • Alberta1980

    dou os parabens á sic por ajudar a concretizar os sonhos de muita gente pois eu sei o que eles se sentem a respeito de ter muito peso. dou forças a sic para continuar com o progama e a ajudar muita gente como eu.tem mais interese este pograma a ajudar as pessoas do que a tvi com a casa dos segredo que so da mas ideias. força sic parabens e que continuem com o pograma.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close