SIC

Filipe Pinto em entrevista ao 24 Horas

Numa entrevista ao 24 Horas, Filipe Pinto demonstrou repulsa pela comunicação social se aproveitar da ingenuidade dos seus pais. Mas não se ficou por aqui! O concorrente do Norte falou da atitude de Carlos Costa, quando este pediu ao povo português para votar em Diana Piedade, e confessou que antes de se lançar na mundo música, quer acabar o seu curso de Engenharia Florestal.

Desde que entrou no Ídolos, a vida de Filipe Pinto passou a ser uma “roda viva”. Deixar o anonimato para passar a ser alguém conhecido, é um papel que a muitos agrada, mas que tem sempre um lado negativo. Quanto a isso, o concorrente do concurso da SIC sente-se à vontade: “Gosto muito de receber o carinho das pessoas. Continuo a andar de comboio e agora, que isto se aproxima do fim, sinto mais as pessoas a olhar. Quem quiser vir ter comigo vem e se me pedirem um autógrafo eu dou com todo o gosto”.

Será que toda esta popularidade lhe vai dar a vitória no Ídolos? Quanto a isso, Filipe Pinto não sabe, mas uma coisa é certa, independentemente da vitória ou derrota, a sua reacção não está programada: “O sentimento vai sair-me na altura e, indepententemente do que acontecer, tenho a certeza de que vou sair feliz”.

Filipe Pinto não esquece a queda de Pedro Abrunhosa, na última gala: “Fiquei com medo que tivesse acontecido alguma coisa de grave. Ele ficou com a cabeça a centímetros de um monitor que estava no chão. Caso batesse ali nem sei o que é que aconteceria“. De referir que quando começou a sua actuação, o concorrente do Norte sentiu-se nervoso.

Quanto ao talento de Carlos Costa e Diana Piedade, o finalista do talent-show da SIC, considera que eles têm mais experiência em palco, e por isso, no sentido de equilibrar as coisas, utilizou a guitarra quando foi possível: “O Carlos dança e pula por todos os lados e consegue ter uma presença muito grande, a Diana nem precisa de nada. Simplesmente, com o ritmo que ela tem, a maneira de ela sentir a música já é tão forte… Eu sinto que nesses parâmetros onde eles os dois são muito bons, eu não sou. Nesses campos estou abaixo deles e ao tocar guitarra equilibrou as coisas”.

Dançar não é com ele. Seguir os passos que lhe são impostos não são o seu forte: “Detesto isso. Acho que a pessoa deve estar livre para fazer o que sente”. Apesar deste “problema”, Filipe Pinto, confessa que já está mais à vontade.

Quanto à comunicação social, o possível vencedor do Ídolos, confessa que pediu aos pais para não falarem para os jornais e revistas: “Os meus pais são os meus pais e eu sou eu. Como é óbvio, não posso mandar neles. O que lhes disse foi para não falarem com a comunicação social”.

Filipe Pinto tem ainda em conta a ingenuidade dos pais, coisa que a imprensa aproveitou. Bastou a sua mãe dizer “Pois é”, a propósito da prestação de Diana Piedade no concurso, para o jornalista que a acompanhou, escrever linhas e linhas sobre essa afirmação.

O concorrente confessou ainda que se sentia cansado: “Eu neste momento sinto-me de rastos. Precisava de uma semana para dormir (risos). É mais isso do que o resto“.

Relativamente ao assunto de Carlos Costa, quando este apelou ao povo português, em directo, para votarem em Diana Piedade, Filipe Pinto é sincero: “Naquele papel, caso eu saísse, eu não teria feito aquilo em directo, como é óbvio. Mas ele sentiu aquilo naquele momento e disse-o.
Teve toda a liberdade para o fazer. Agora se foi justo ou não, quem sou eu para o julgar?”.

Para terminar, na entrevista ao 24 Horas, Filipe Pinto falou da sua carreira: “Continuar a cantar é um esboço. É um esboço que vai sendo construído até ser um projecto. Neste momento é o que digo, a minha prioridade, independentemente de ganhar o prémio, é acabar o curso. Vou a Londres na mesma, mas também vou acabar o curso, nem que seja depois. Só então penso na música, em seguir uma carreira artística. Quero primeiro acabar esta etapa”.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close