SIC

Exclusivo aTV: “Cromo” de “Ídolos” ficou magoado com Manuel Moura dos Santos

Foi um dos “cromos” que mais deu nas vistas no primeiro episódio do talent-show da SIC, chama-se Hugo Barbosa, tem 20 anos e vive em Aveiro. Entrou nos castings do Ídolos e logo primou pela boa disposição. Cantou Ai se eu Te Pego de Michel Teló, mas não conseguiu cativar os votos positivos de Bárbara Guimarães, Manuel Moura dos Santos, Tony Carreira e Pedro Abrunhosa.

Agora que o programa já chegou ao fim, que tal conhecer um pouco melhor este jovem a quem o presidente do júri chamou de “estripador de canções”. A Televisão esteve à conversa com Hugo Barbosa, em exclusivo, e conta-lhe agora alguns pormenores sobre as motivações deste rapaz para concorrer ao programa do canal de Carnaxide.

“Concorri pela aventura e pela experiência”, começa por nos contar o jovem de Aveiro, que admitiu que concorreu por “gostar de cantar”, até porque “canto na desportiva”. Eu não canto bem, nem mal. Mas sei que não tenho aqueles vozeirões, como de algumas pessoas que nem passaram do pré-casting”, admite.

Hugo Barbosa participou em Ídolos não à procura dos seus “cinco minutos de fama”, mas porque teve vontade de mostrar os seus dotes e “houve a oportunidade de participar. Então fui”. Confessou-nos que não tinha expectativas, até porque foi para as audições  totalmente descontraído. “A expectativa era passar ou não passar, ser cromo ou não ser cromo”.

Questionado sobre se não tinha receio de que a produção usasse as suas imagens para a parte dos cromos, o rapaz de 20 anos frisou: “Não. Sabia perfeitamente que podia participar e que eles podiam aproveitar a participação para esta parte”.

Sem falsas modéstias, Hugo Barbosa “queria dar show” e acha que a sua prestação correu bem. Cá fora, as reações de amigos e conhecidos, que o viram nos teasers que a SIC foi passando ao longo dos últimos dias, foram boas. “É como se fosse uma cabeça de cartaz. Já houve comentários de alguns amigos, devido às imagens que passaram no Jornal (da noite). Tem havido comentários agradáveis, positivos. As pessoas acham graça e elogiam a coragem”, contou.

Apesar de considerar ter sido uma boa experiência, lamenta os comentários de Manuel Moura dos Santos. “Alguns comentários foram infelizes. Claro que na altura fiquei um bocado magoado com as palavras que ele disse. Não é fácil levar com tudo isso. Mas já está passado”, admitiu Hugo Barbosa.

A finalizar uma certeza, o rapaz está certo: “Foi uma boa prestação. Não fui com a mania de que sabia cantar. Eu sei aquilo que valho.”, concluiu.

  • Joaoantonio

    esse gajo e um cromo xxl

  • Juautania

    O que tem haver o acidente triste em que este jovem esteve envolvido, para esta situaçao de bom humor e talvez conhecimento de um grande talento na area do entretendimento e humorista!? 

  • Marylupin

    É por estas e outras que eu odeio que me digam: “quem tem de acreditar em ti és tu”.
    Os cromos também acreditam neles e depois fazem figuras destas….

  • Katykosta

    É isso bocage … estamos contigo … estripador da musica??? tu??? nahhhh ….

    agora eh so aproveitar …=D

  • Cromossoma

    ois la tinha k vir um triste kmo tu estragar isto… se se preokupassem km as vossas vidas… n sabem k se calem ….parvalhao…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close