Resumos SIC

“Dancin’ Days” resumo de 25 de junho a 1 de julho

Dancin Days Logo Final

16º Episódio

Duarte balança ao ouvir Júlia justificar-se por lhe ter escondido que esteve presa, mas mantém-se firme e termina o namoro. Desgostosa, Júlia lança-lhe um último olhar ao mesmo tempo que o acusa de ser tão preconceituoso como as outras pessoas.

Mariana é repreendida pelo seu treinador e, impulsiva, decide deixar o ténis, saindo para se diverti com Gui, que estava à sua espera. O treinador não se conforma e diz que vai informar a mãe dela, sobre o incidente.

Raquel despede-se de Hugo, depois de ter passado a tarde com ele num hotel. Ambos lamentam por terem de alimentar o seu romance às escondidas, para que Zé Maria não descubra.

Quando Júlia regressa a casa, Áurea, insensível à sua tristeza, trata de lhe perguntar quando é que vaga o quarto para ela se instalar, agora que se separou de Aníbal. Júlia mal consegue responder e refugia-se no quarto, seguida por Carminho, que antes repreende a irmã. Júlia conta à amiga que Duarte acabou o namoro e pede-lhe para ficar sozinha. Depois chora agarrada a uma fotografia de Mariana, sentindo-se a pessoa mais só, no mundo.

Raquel regressa a casa quando Zé Maria já está de saída para o Dancin’ Days. Dissimulada, fala com o marido como se não tivesse acabado de o trair com Hugo, dizendo até que gostaria que ele trabalhasse menos para passarem mais tempo juntos. Mariana interrompe a conversa e pressiona-os para que a deixem abandonar a prática do ténis. Apesar de não concordar com a ideia, Raquel acaba por concordar, aproveitando o facto de Mariana garantir que já não quer falar com Júlia, mesmo que a mãe verdadeira volte a procurá-la. Zé Maria, por seu lado, reclama de Mariana que os compense desta decisão, tirando boas notas.

Duarte não consegue concentrar-se no trabalho e quase telefona a Júlia. No último momento arrepende-se e entrega-se à recordação dos momentos que passaram juntos.

Teresa fica muito incomodada ao saber por uma amiga que a disputa de uma herança causou grandes desavenças na família, só resolvidas em tribunal. Temendo que o mesmo aconteça com os filhos, Teresa pede a Francisco que trate do que é necessário para fazer o seu testamento. O marido fica aflito, pois já vendeu alguns terrenos para pagar dívidas de jogo, chegando a desejar que Teresa morra depressa. Com mais um problema em mãos, telefona a um conhecido para que o ajude a resolvê-lo.

Aníbal procura Áurea, mas Amélia não o deixa entrar. Áurea vai à porta e diz que não quer voltar para casa, depois dele lhe ter batido. Ester, Alberto e Carminho acorrem para ver o que se passa, enquanto Aníbal exige ver o filho, já que a mulher não quer voltar para ele. Áurea mantém-se firme e impede Aníbal de falar com Bruno, informando que assim que tiver os papéis do divórcio, mandará o advogado falar com ele. Alberto também se enerva com o comportamento do genro e diz que vai chamar a polícia, já que ele se recusa a ir embora. Aníbal vai-se embora em fúria e bate com a porta. Áurea insiste mais uma vez com Júlia para que se vá embora, pois precisa do quarto que ela ocupa. Carminho, faz frente à irmã e diz que Júlia não sai dali. Ester concorda e afirma que a família vai arranjar uma solução para que todos possam ficar em casa.

Nicole recusa aceitar o cabaz de compras que Hernâni lhe mandou por Miguel, para a reconquistar. Diz mal do ex-marido, fazendo com que Miguel aproveite para marcar pontos no coração da manicura. Hernâni embriaga-se no bar de striptease e desabafa com uma acompanhante por não conseguir reconquistar Nicole. Cátia está prestes a entrar em cena para mais uma dança no varão e fica em pânico ao ver que ele está na plateia. Pressionada pelo patrão é forçada a dançar mas cobre a cara com um véu. Tem sorte em não ser descoberta, porque Hernâni recebe uma chamada de Miguel que lhe mente, dizendo que Nicole adorou o presente que ele mandou. Cátia acaba a actuação, ao mesmo tempo que Hernâni volta a pôr no colo a acompanhante que o atura.

Inês regressa de viagem e é confrontada com a separação dos pais. Depois de ouvir Áurea e de ser acusada de estar a tomar o partido do pai, decide ir para casa. Encontra Aníbal a beber mas também arrependido de ter batido na mulher. A filha acaba por abraçá-lo, acreditando que ele nunca andou com outras mulheres.

Duarte convida Gui para jantar consigo e Teresa mostra-se satisfeita por observar a proximidade dos filhos. Aproveitando o facto de Francisco estar com ela, pede-lhe que trate do testamento. O marido esconde o incómodo e adia a questão.

Zé Maria apanha Raquel a mentir e desconfia que anda a ser traído. No entanto, finge que não sabe de nada.

Áurea vai a casa buscar os seus pertences e encontra-se com Aníbal. O marido desculpa-se por lhe ter batido e jura que nunca mais a tratará mal. Áurea começa a ceder e já não tem a certeza de querer o divórcio.

Raquel visita Júlia, fingindo-se arrependida pela forma como a tem tratado desde que ela saiu da prisão. Júlia não desconfia do ardil da irmã, que visa evitar que ela se aproxime de Mariana. Raquel deixa cair o anel que tem no dedo. Áurea repara e, para afastar Júlia do seu caminho, denuncia-a à polícia pelo roubo do anel, que vai colocar debaixo do colchão da ex-presidiária. (conclusão)

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close