Resumos SIC

«Dancin’ Days»: resumo de 22 a 28 de abril

Resumo Dancin' Days

Resumo Dancin' Days

223º Episódio

Artur começa a ficar em pânico e pensa que Júlia se arrependeu de casar e que não vai comparecer à cerimónia. O próprio conservador está prestes a ir embora, quando Júlia finalmente aparece, para alívio de Artur que, já com um sorriso, indica ao conservador que pode começar a celebrar o casamento.

Miguel vai à Flor de Sal encomendar um frasco de mostarda e exige que Cristóvão o cumprimente com um bom dia, argumentando que não é com frieza que se tratam os clientes. Cristóvão retrata-se e Miguel troca um olhar cúmplice com Sónia, ao mesmo tempo que dá indicações para que a avisem quando a mostarda chegar. Cátia fica intrigada, tal como Cristóvão, questionando a prima se já perdoou a traição de Miguel. Sónia mente e responde que decidiu não se aborrecer mais com isso, porque está a controlar melhor as suas fúrias. Cristóvão e Cátia ficam espantados com aquela atitude.

Duarte dá um sermão a Gui e diz ao irmão que não está certo andar a dormir com a professora da faculdade, traindo Cátia. Gui, por seu lado, deixa o irmão sem argumentos, quando o confronta com a forma que ele tem de encarar o amor, que também o leva a cometer disparates.

O conservador do registo civil proclama que Artur e Júlia são agora marido e mulher. Depois do beijo da praxe, Artur brinca com Júlia e diz que agora devem ir ao encontro dos cem convidados que os aguardam para o copo-de-água. Perante a desilusão da esposa, o jornalista acaba por desfazer o logro e confessar que o dia será apenas para eles. Júlia dá-lhe outro beijo, mostrando-se bastante mais feliz. Artur faz juras de amor.

Babi conversa com Raquel e confessa que lhe faz confusão que Artur e Júlia tenham decidido casar sem fazerem qualquer festa. Raquel está certa de que o casal está consciente das dificuldades que aquele casamento enfrenta. Babi está de saída e Hugo assoma à porta do escritório do Dancin’ Days. Ficando a sós com Raquel, convence-a a almoçar consigo, com o pretexto de ter novidades para lhe contar. Hugo está mais sedutor que nunca e aproxima-se de Raquel, roubando-lhe um beijo.

Sebastião conta a Vera que Lourenço ficou muito mal tratado depois de ter sido esfaqueado por Áurea. Vera teme que tenham de ser os tios a pagar a conta das cirurgias a que o burlão via ter de submeter-se, acrescentando que há homens que não prestam mesmo. Sebastião diz que não são todos e ela concorda, esboçando um sorriso a que ele corresponde.

Carminho, mostra-se arrependida por ter feito ver a Áurea que Lourenço é mesmo um burlão, uma vez que a irmã não está a aceitar bem a situação. Carminho teme que os pais venham a perder o negócio, por não terem dinheiro para cobrir as despesas. Jorge é de opinião que, mais cedo ou mais tarde, Áurea teria de saber que o namorado é afinal um ladrão e defende que só o advogado poderá conseguir recuperar o dinheiro que ele roubou.

Hugo recebe com surpresa a notícia do casamento de Júlia e deseja que ela seja feliz. Raquel não acredita na sinceridade dele, mas Hugo insiste em garantir que está mudado, desejando que, um dia, também Júlia e Mariana lhe possam perdoar. Raquel acredita que isso será possível. Uma vez que ela também fez as pazes com a irmã e a sobrinha. Hugo volta a espantar-se, ao saber que Mariana está a dar os primeiros passos na carreira de modelo fotográfico. Aproveita para incentivar Raquel a fazer a divulgação, nas revistas, do negócio que vão iniciar. Ela anuncia que já tem a estratégia de comunicação toda pensada.

Teresa e Bernardo cuidam de Carolina, em ambiente de grande harmonia familiar. Teresa diz que está radiante por ter a neta consigo e garante que não é apenas por causa do dinheiro que Zé Maria deixou à menina. Bernardo promete ajudá-la a tomar conta da criança, antevendo que Gui não estará preparado para assumir essa responsabilidade sozinho, mas acha estranho que embora não tenha sido pai, está agora perto de se tornar avô. Teresa confessa que conta com isso e que gosta muito dele, pedindo que nunca a engane como Francisco a enganou. O advogado garante ser incapaz de tal coisa e faz um carinho à futura mulher. Bernardo fica a embalar Carolina, enquanto Teresa lhe vai preparar o biberão.

Inês fala ao telefone com o pai, colocando-o ao corrente do estado de saúde da mãe. Quando termina a chamada, conta a Duarte que Aníbal está muito preocupado com ela e o irmão, temendo uma recaída de Áurea. Inês abraça-se ao marido e fica contente e agradecida, porque Duarte se dispõe a ficar em casa a fazer-lhe companhia.

Ester conta à família que o banco se mantém irredutível com o pagamento do crédito e que a falta de dinheiro para pagar aos fornecedores vai acabar por ditar o fecho da fábrica. Carminho lamenta não poder ajudar, enquanto Alberto diz que vai dar uma volta para ver se lhe ocorre alguma ideia. A filha pede que não faça nada que possa piorar ainda mais a situação. Amélia dá conta de que Bruno está muito em baixo por causa do estado emocional de Áurea, pois sabe que a mãe pode sofrer uma recaída por ser bipolar. Vera oferece-se para dar um passeio com ele.

Tânia conta aos pais que Bruno teme mais que a mãe possa ir presa por ter esfaqueado Lourenço, do que com o seu estado de saúde. Hernâni, sem qualquer tacto, afirma que Áurea é maluca e Nicole repreende-o, dizendo que a amiga é bipolar. Tânia confessa que tentou animar Bruno, sem grande resultado, pois ele está ainda um pouco zangado com ela. Hernâni fica incomodado e recomenda à filha que não o console demasiado. Ela, na sua ingenuidade, não compreende o alcance do conselho e vai-se deitar. Nicole indigna-se com o ex-marido e acusa-o de querer que a filha abandone os amigos, dizendo que ele tem de ir à astróloga onde ela foi. Hernâni dá a volta ao texto e acalma Nicole dando-lhe beijos no pescoço. A ex-mulher ri.

Alberto vai ao hospital para convencer Lourenço a devolver o dinheiro que roubou. O burlão fica cheio de medo mas Alberto assegura que apenas quer conversar. Lourenço diz que não tenciona devolver nada, que aplicou o dinheiro e que, ao contrário do que se pensa, também fez sacrifícios, como ficar tanto tempo com Áurea. Alberto chama-lhe parasita e garante que ele vai pagar pelo que fez. O burlão fica nervoso e começa a tocar à campainha para chamar a enfermeira. Alberto vira costas e vai-se embora.

Cátia fala com entusiasmo do filme em que está a participar, mas Gui quase não presta atenção. A namorada aproxima-se dele e tenta perceber a razão do distanciamento. Gui responde que anda cansado e a precisar de vitaminas. Ela diz que as vai comprar no centro comercial e mete conversa a propósito da carreira de modelo de Mariana. Gui volta a falar com rispidez e Cátia queixa-se de que ele não a respeita, voltando à cozinha para tratar do jantar.

Teresa usa todo o seu cinismo quando Mariana lhe telefona a perguntar como é que Carolina passou o dia. Longe de imaginar que a ex-sogra lhe quer tirar a filha, Mariana conta que vai ter de ficar mais uma noite no Funchal. Bernardo deixa Teresa na expectativa, dizendo que essa é uma informação que podem utilizar contra a rapariga.

Raquel confessa a Júlia ter estranhado que ela tenha casado sem convidar ninguém e que a seguir tenha ido trabalhar. A irmã reconhece que o seu enlace com Artur pode parecer estranho, mas garante que gosta dele. Raquel fica mais descansada e sorridente e manda a irmã ir ter com o marido.

Isabel e Urbano comentam o casamento de Júlia e são unânimes em reconhecer que gostam de Artur. Isabel pede desculpa ao marido por estar a falar da vida sentimental de Júlia mas o médico não se melindra, pois já percebeu que o que sentia pela ex-mulher não era amor, mas sim uma obsessão. Mudando assunto, o médico revela que Ester recusa ser ajudada para pagar as dívidas da fábrica e Isabel compreende essa decisão, pois sabe que ela não quer ficar a dever favores. Urbano não esconde a gravidade da situação que, para Áurea, representa não só um caso de saúde, mas também um caso de polícia. O médico acha que Ester e Alberto ainda têm a reforma que permite a sobrevivência mas Isabel lembra que eles têm a família às costas, duvidando que o dinheiro chegue para pagar as contas.

Inês continua fragilizada e conta com a compreensão de Duarte, que se mantém a seu lado a ver televisão, depois do jantar.

Com champanhe e muito romantismo, Júlia e Artur abrem a noite de núpcias, trocando carícias cada vez mais intensas que deixam antever uma grande noite de amor.

Mariana, muito entusiasmada, conta a Nonô como decorreu a sessão fotográfica que fez no Funchal, justificando que o trabalho se prolongou e por isso perdeu o avião em que tencionava regressar. Nonô combina ir buscá-la ao aeroporto e Mariana diz que foi convidada para uma festa ainda nessa noite. Quando desliga a chamada, deixa-se cair na cama, como que a sonhar acordada.

Jorge e Carminho estão de regresso a casa e despedem-se de Ester que está preocupada porque Alberto nunca mais volta para casa. Nisto, o marido aparece acompanhado por Veiga, dizendo que o amigo tem uma solução para que a fábrica não feche. O empresário não perde tempo e diz que sabe da situação difícil que o desfalque de Lourenço provocou e o significado que o negócio da comida tem para a família. Veiga confessa que os produtos da fábrica são os que mais vende e oferece-se para a comprar por um preço justo. Ester fica siderada a olhar para Veiga e Alberto, sem saber o que dizer. (conclusão)

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close