«Dancin’ Days»: resumo de 20 a 26 de maio

245º Episódio

Duarte digere a revelação que Gui lhe fez e é forçado a acreditar que a mãe assassinou o pai durante a viagem que fizeram à Suíça. O irmão conta-lhe que soube de tudo por Lurdes, ela que também morreu de forma misteriosa na piscina da casa dos pais. Gui recorda-lhe que Teresa nunca iria ajudar uma empregada a comprar um carro, se não estivesse a comprar-lhe o silêncio. Duarte pede ao irmão que o deixe sozinho, recriminando-o por só agora lhe ter contado o que se passou e acusando-o de só o estar a fazer porque se zangou com a mãe, querendo vingar-se, mas sem coragem para o fazer. Gui concorda com Duarte num aceno de cabeça e vai embora.

Bernardo recebe uma chamada que o deixa perturbado. Teresa abeira-se dele a dizer que está cada vez mais nervosa por Gui não dar notícias. Ao perceber que o marido ficou afectado com o telefonema, pergunta o que se passa. Ele revela que acabaram de o avisar de que a mãe deu uma queda e que por isso vai ter de ir ao hospital para ver como ela está. Teresa ainda se oferece para o acompanhar mas Bernardo recusa, prometendo dar notícias mais tarde.

Sónia conversa com Cátia e pergunta-lhe se não sente falta dos homens, desde que deixou de trabalhar no clube. A prima assegura que não e que só lá trabalhou porque a vida a obrigou a isso. Cátia continua a sonhar com uma carreira de actriz que diz ter interrompido momentaneamente para se dedicar à gestão da loja que, apesar de ser pequena, dá muito trabalho. Luísa aparece nesse instante para tomar um chá e assume que está desiludida com Miguel, queixando-se de que ele preferiu ir trabalhar a tirar folga para a passar com ela. Luísa esclarece Sónia que por causa disso decidiu ir trabalhar também.

Isabel confessa a Nicole que está ansiosa por receber Mónica, a menina que vai adoptar com Urbano, desejando que ela se adapte bem, que se torne amiga de Tânia e que veja nela o adulto de referência. Nicole apoia a amiga e diz que a menina passado pouco tempo já estará a tratá-la como mãe. Hernâni interrompe a conversa e oferece um presente a Nicole, ao mesmo tempo que lhe tece elogios. A manicura quer abrir o envelope só depois de terminar o serviço mas Isabel insiste para que o faça imediatamente. Nicole fica surpreendida quando vê que se trata de uma massagem romântica para desfrutar com ele. Hernâni diz que todos os dias são especiais a seu lado e que tem muita sorte em tê-la, penalizando-se por não a elogiar mais vezes. Depois do companheiro ir embora, Isabel adivinha que o feitiço que Nicole encomendou já está a fazer efeito, embora ela não saiba o que pensar.

Jorge demite-se da chefia de redacção da Blondie, alegando que tem de escolher entre a sua posição na revista e a estabilidade familiar, uma vez que as rotinas mudaram com o nascimento de Joana e as discussões com Carminho são constantes. Artur tenta demovê-lo, uma vez que foi apanhado desprevenido, mas Jorge insiste que quer deixar o cargo, reafirmando que irá aguardar até que ele arranje um substituto.

Carminho recebe a visita de Inês e percebe claramente que ela não está bem. A sobrinha confirma que teve a primeira consulta na psicóloga mas revela total desinteresse pela maternidade. Acha que ficou horrível com a gravidez, levando Carminho a sugerir-lhe que passe pela clínica, pois têm tratamentos que podem acelerar a recuperação. Inês responde que talvez lá vá, mas muda logo de assunto, centrando-se nas golas que Carminho está a vender através da internet.

Gui, meio embriagado, telefona a Duarte e leva logo um raspanete do irmão, que o critica por lhe ter contado que a mãe matou o pai, esperando que fosse ele a denunciá-la à polícia. Gui explica que reagiu a quente, que se quis vingar dela mas que compreende agora que a mãe não irá aguentar se for presa. Gui pede ao irmão que não faça nada, pelo menos até falar com Teresa e ainda lhe conta que ela tentou tirar-lhe o lugar à frente dos hotéis, fazendo-se eleger como nova gestora. Depois de desligar o telefone, Gui continua a beber, enquanto Carolina brinca no chão.

Isabel percebe pela conversa de Vera com Sebastião que ele está prestes a ficar sem trabalho e diz que vai telefonar a Urbano, pois o marido precisa de um recepcionista para a clínica. Vera incentiva o namorado a aceitar e Sebastião fica na expectativa de conseguir o lugar. Antes de atender a mulher, Urbano troca impressões com Júlia sobre a campanha contra o cancro da mama e reprova a sua ideia de convidar Raquel para uma palestra sobre a doença.

Hugo conta radiante a Raquel que os carros roubados já saíram de Portugal e que já recebeu o dinheiro que lhe era devido para acertar o pagamento aos homens que fizeram o trabalho e aos funcionários do atelier. Raquel fica espantada quando ele diz que nessa mesma noite tem um novo trabalho. Hugo lembra-lhe que tinham combinado viajar para comemorarem e para ela descansar do assédio da imprensa. Raquel esquiva-se e diz que é melhor adiarem a saída, pois é importante que ele não se ausente neste momento, perdendo o controle do negócio. Hugo aceita o conselho mas assegura que não vai esquecer que está em divida com ela.

Sebastião é agradavelmente surpreendido quando Isabel lhe comunica que já tem entrevista marcada com Urbano, por causa da vaga de recepcionista na clínica. O rapaz agradece a oportunidade e, depois de ele ir fazer o turno no centro comercial, Vera também agradece à amiga, vincando que mesmo que o namorado não consiga o emprego, é importante sentir que algo de bom pode acontecer. Isabel mostra vontade de ir visitar Áurea e Vera opina que ela até vai gostar de a ver.

Ester e Alberto fazem ver a Áurea que tem de completar o tratamento na clínica e revelam que o médico prometeu dar-lhe alta, assim que estiver certo de que ela não terá mais flutuações de humor. Áurea promete aos pais que não voltará a fugir.

Carminho mostra a Inês as fotografias que tirou a Joana no banho. Inês olha-as rapidamente e incomodada. Carminho percebe e pergunta se ela se tem conseguido aproximar de Martim. A sobrinha nega e sorri, timidamente, dizendo que Duarte se ajeita com o bebé. Nesse momento, o marido telefona-lhe, já preocupado por ela estar a demorar. Inês conta que foi visitar a tia e Duarte sossega, concedendo que pode ficar com Carminho o tempo que quiser. Depois de desligar, Duarte confere se o filho está bem e apesar de tentar ler um pouco, não consegue concentrar-se e só pensa nas revelações que Gui lhe fez. Na sua cabeça ecoa a voz do irmão a dizer-lhe que a mãe assassinou o pai e Duarte vive o dilema de nada fazer, ou entregar Teresa à polícia.

Bernardo conta a Teresa que a mãe fracturou a bacia e já foi operada. O advogado mostra-se preocupado com a recuperação da mãe, pois a idade e a solidão já não permitem que continue na mesma casa. Teresa sugere-lhe que considere a possibilidade de colocá-la num bom lar, ideia que o marido acolhe. Teresa mostra-se preocupada por continuar sem notícias de Gui e diz a Bernardo que a informe se ele ligar, uma vez que vai visitar Inês.

Mariana chega a casa e encontra João e Lucas praticamente prontos para o treino de atletismo que ela confessa não querer perder por nada. Quando beija João, Lucas pede que acabem com a pouca-vergonha e Mariana brinca, dizendo que à sua frente, são muito contidos. Todos riem da piada, porque Lucas é invisual.

Raquel está renitente em participar na campanha contra o cancro da mama, temendo falar em público e, pior que isso, que algum jornalista a interpele por causa do seu passado duvidoso. Júlia consegue ser persuasiva e conta que já a inscreveu para discursar, não havendo outro remédio senão preparar a comunicação que vai fazer.

Luísa encontra Miguel a dormir na loja e ele desperta mal disposto, protestando por tanto ela como Sónia verem nele um escravo sexual, ao contrário do que se passa numa relação normal, em que há tempo para fazer tudo. Uma cliente interrompe a conversa e Luísa retira-se dizendo que voltarão a falar em casa.

Hernâni conta a Cristóvão a oferta que fez a Nicole mas exige-lhe que trate mal Cátia, convencendo-o de que é a única forma de ela se interessar por ele. Quando ela se aproxima e lhe pede umas bolachas, Cristóvão diz não saber ao que se refere e consegue irritá-la a ponto de se ir embora furiosa. Hernâni felicita-o dizendo que esteve muito bem, mas Cristóvão fica desanimado por ter sido grosseiro com a sua amada.

Bernardo conversa ao telefone com Gui, repreendendo-o por ter mandado um funcionário do hotel ir recolher as suas coisas, em vês de o ter feito pessoalmente. Gui responde que o facto de Bernardo estar casado com a sua mãe não lhe dá o direito de lhe dar sermões e garante que não vai perdoar a Teresa por ter tentado afastá-lo da gestão dos hotéis. Bernardo tenta sensibilizar Gui para que não deve denunciar a mãe à polícia, pois todos têm algo a perder.

Duarte confronta Teresa com o facto de ela ter assassinado o pai. A mãe reage, negando ter cometido o crime e pergunta de onde tirou ele ideia tão absurda. Duarte reafirma que já sabe de tudo e que não vai ser como Gui e calar-se. O filho mais velho garante que no dia seguinte vai denunciá-la à polícia e pedir a exumação do corpo de Francisco, para se apurar toda a verdade. Teresa fica em estado de choque com a atitude do filho. (conclusão)

Se encontrou algum erro, selecione e pressione Shift + Enter ou clique aqui para nos informar.

  • Ninguém

    é a pior novela de sempre

    • anónimo

      o/a senhor/a não sabe o que diz se calhar nunca passou por estas fases que a novela está a passar.
      por isso cale-se ok?
      vá-se foder

  • anónimo

    AMO ESTA NOVELA