SIC

Custódia Gallego feliz com exclusividade com a SIC


Depois de vários trabalhos para a estação, a atriz assinou exclusividade no passado mês de Janeiro. É em entrevista à TV Guia desta semana que Custódia Gallego falou sobre este contrato:

“É uma vantagem, porque não tenho a ansiedade em chegar ao final desta ou daquela produção e não saber o que vou fazer a seguir. Isso, para os atores, que são trabalhadores, independentes e só ganham dinheiro quando estão a trabalhar, é ótimo. Esse é o lado positivo. A exclusividade garante-me que, mesmo estando parada, ganho algum. A outra vantagem foi ter-me sentido desejada por alguém, o que gratificante”, começa por dizer, falando, sem seguida, sobre as desvantagens: “A desvantagem é que deixei de poder escolher o que quero fazer e deixei de fazer outras coisas. Acabei o conservatório em 1984 e era livre de fazer o que queria. Neste momento, isso não acontece”.

A terminar, a Gi de Laços de Sangue afirmou que os principais motivos para perder esta “liberdade” foram: “O dinheiro e o sentir-me desejada”.

Depois da “novela da nossa gente”, não se avizinham, para já, novos projetos para Custódia Gallego na SIC, mas deverão aparecer dentro de alguns meses.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close