SIC

Cristina Homem de Mello sente-se mais valorizada na SIC do que na TVI

Dez anos depois da estreia nas novelas do canal de Queluz de Baixo, a atriz acedeu ao convite para abraçar uma nova produção, desta feita em Carnaxide. Satisfeita, em entrevista à Notícias TV diz sentir-se mais valorizada na SIC.

“Por acaso sim. Mas faço questão de que as minhas palavras publicadas incluam o ‘por acaso’. Sinto-me mais valorizada na SIC do que na TVI. Não posso dizer que sinto isso como uma coisa que é óbvia, mas é algo que se vai sentindo aos poucos. Não quero mal-entendidos, nem parecer ingrata, até porque este é ainda o primeiro trabalho que faço para a SP Televisão. Na Plural e na TVI sentia que tinha um lugar e que esse lugar era, de alguma forma, protegido. E isso era algo bom”, explica.

Na opinião de Cristina Homem de Mello o que falhou foi “Por existir na outra estação, TVI, tantos atores exclusivos, tantas divas exclusivas torna-se difícil dar o devido valor e ter espaço para que outro tipo de atores possam crescer e valorizar-se. No caso da SP Televisão e da SIC, julgo que há menos atores exclusivos da minha idade e, portanto, há mais espaço para eu poer crescer”, frisou ainda.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close