SIC

Comitiva de “Laços de Sangue” já chegou a Lisboa

O relógio marcava 6h30 desta quarta-feira quando a comitiva portuguesa que se dirigiu a Nova Iorque para a cerimónia de entrega dos Emmy aterrou no aeroporto da Portela, em Lisboa. Como não podia deixar de ser, a imprensa esteve em peso e o Diário de Notícias on-line fez questão de recolher as primeiras declarações.

“Foi giro. Não estávamos à espera porque no ano passado Portugal já tinha ganho e é um sentimento tipicamente português. Até demorámos algum tempo a reagir quando ouvimos o nome Laços de Sangue. Foi super emocionante”, admitu Diana Chaves. Para Diogo Morgado “foi mais do que especial até porque não estava mesmo à espera de ganhar. E foi bom porque quando o nome foi anunciado, ficámos doidos”.

Já Pedro Lopes, o autor de Laços de Sangue confessou no à chegada que viajou para Nova Iorque com “grandes expectativas” de vir a erguer o Emmy, o que veio mesmo a acontecer. Quanto a Luís Marques, também manifestou a sua alegria pelo facto de a ficção da SIC, em co-produção com a Globo, ter trazido mais um prémio para o nosso País.

Estes foram os quatro membros da comitiva que aterraram em Portugal, uma vez que Patrícia Sequeira, Guilherme Bockel e Joana Santos seguiram imediatamente para o Brasil.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close