SIC

Cláudia Vieira e a recusa de “Laços de Sangue”

Era ela a escolhida para dar vida a Diana na nova trama da estação de Carnaxide. A imprensa chegou a dar a notícia como certa, no entanto, tal acabou por não se confirmar. Mais de três meses volvidos, a actriz falou sobre este tema em entrevista à revista Flash!

“Surgiu o convite para fazer a novela da SIC que agora está no ar, só que achei que não era possível, com a Maria tão pequenina, estar a fazer uma novela, e ainda por cima o papel principal. Estar como protagonista era muito exigente e depois havia também o Ídolos em que estavam a contar comigo. Segundo a direcção da SIC, tinha capacidades para fazer tudo, mas eu achei que era impossível”, começou por dizer Cláudia Vieira.

Confrontada ainda com o sucesso que Joana Santos tem feito no papel que inicialmente lhe estava destinado, a parceira de João Manzarra admitiu: “Embora fosse um desafio interessante, porque é uma personagem muito forte, não me arrependo. Neste momento há prioridades. O meu lado profissional tem uma importância gigante na minha vida e não vou descurá-lo, mas a minha filha tinha dois meses e meio nessa fase – ainda por cima nasceu permatura – ia ser uma loucura. Assim, com o Ídolos ela já tinha três meses e meio, além de que o programa é menos exigente a nível de tempo. Numa novela trabalha-se todos os dias, entre oito e doze horas. O Ídolos não acontece todos os dias”, concluiu a estrela de Carnaxide.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close