SIC

Catarina Almada: «Nunca consegui estar a 100 por cento [no “Ídolos”]»

No domingo passado foi para o ar a quarta Gala do «Ídolos», marcada pela terceira expulsão, reduzindo assim o lote dos 10 finalistas do talent show da SIC. Catarina Almada foi a concorrente que se despediu do programa, alcançando assim o 7º lugar.

«Já estava preparada para sair, estamos sujeitos a isso em qualquer galam faz parte… Era muito pior sair logo na primeira gala. Estou muito feliz por ter vivido esta experiência. Quem dera a mais de 17 mil jovens terem chegado até aqui!», começou por dizer Catarina à revista TV 7 Dias, após a sua eliminação do programa. Em relação ao momento que mais a marcou no programa, a jovem recorda que «Na primeira gala tive de cantar à capela para o júri decidir quem expulsar. Estava nervosíssima, mas tentei dar o meu melhor!». Fazendo um balanço do «Ídolos», a jovem diz à mesma publicação que «sinto que nunca consegui estar a 100 por cento, não sei explicar porquê… Mas o sonho não acaba aqui. O marketing está, neste momento, posto de parte.».

Para final do programa, Catarina aposta em Mariana, Inês e Diogo. De recordar que esta gala ficou marcada pela ausência de Tony Carreira, por razões profissionais. E, de todas as edições do «Ídolos», na SIC, foi a primeira vez que um jurado se ausentou.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close