SIC

Carolina Deslandes não antecipa vitória no “Ídolos”

É a grande favorita desde o primeiro instante, mas, nem por isso, a jovem baixa os braços e deixa de trabalhar. Com os pés bem “assentes na Terra”, Carolina Deslandes falou com a edição desta semana da revista ANA.

“Acho que às vezes eles são demasiado duros com certos concorrentes, que se sentem injustiçados, mas creio que as pessoas fazem as suas próprias escolhas. O júri já não comanda as tropas”, começa por dizer a “baixinha”.

Embora aceite de bom grado os comentários do júri, principalmente quando a chamam de “monstro de talento”, Carolina continua humilde e com vontade de aprender, tal como a própria revela: “A confiança não aumenta de um dia para o outro. Ainda preciso de muito ‘arroz e feijão’ para me tornar numa pessoa confiante musicalmente. No entanto, sinto uma grande evolução desde que entrei no programa”.

Antes de terminar, a concorrente de Cascais teceu rasgados elogios a Sandra: “Gosto muito de todos, mas não escondo que a Sandra tem muito carisma. É uma das pessoas mais talentosas e autênticas que já conheci e, além disso, é como se fosse minha irmã. Ela seria o rosto que levaria Portugal a Londres com muita qualidade e mérito”.

A concluir, Carolina Deslandes falou ainda sobre a polémica que surgiu ainda antes de se iniciarem as galas do programa, que podiam ter originado a sua expulsão: “Nunca temi ser desclassificada. No dia em que começar a ter medo das consequências, das mentiras dos outros, não saio de casa”, finalizou.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close