SIC

Bernardo Simões é o «Batata» em criança de «Avenida Brasil»

Bernardo Simões, descendente de portugueses, tem 10 anos e deu vida ao «Batata» na fase inicial da novela «Avenida Brasil», em exibição na SIC. A personagem, nos episódios atuais, é desempenhada pelo ator Cauã Reymond, mas foi naquela fase inicial, em que o «Batata» era uma criança que vivia no Lixão e se apaixonou por «Rita» (Mel Maia), que o ator encantou o Brasil e, depois, Portugal.

Para interiorizar o «Batata», o pequeno ator teve de esquecer todas as regalias que tem como cidadão que não vive no meio do lixo. «Enquanto estávamos a gravar, uma catadora oficial do lixão de Jardim Gramacho, que já está desativado, foi à nossa cidade cenográfica para ver se estava igual a um lixão de verdade», recorda, entusiasmado. Sobre a personagem que desempenhou, muitos antes da novela de João Emanuel Carneiro estrear na TV Globo, houve um grande trabalho de preparação, durante três meses: «Fiz vários testes até conseguir o papel, mas não fiquei nervoso. Acho que é porque comecei cedo na TV. Com cinco anos, estreei com a novela “Mutantes”, na TV Record», disse à revista TV 7 Dias, acrescentando que «A minha mãe ajuda-me e a gente trabalha com uma coach, no meu caso e no da Mel Maia. Adoro que me ajudem. Os textos eram grandes e os diretores gostavam de muita emoção.».

Na cena em que «Rita», no início da ovela, é levada para a Argentina, houve muita emoção: «Muita gente chorou. Eu também chorei, de verdade, porque me concentrei muito. Já saí de casa muito concentrado, sabendo que tinha de chorar bastante. Era preciso pensar no Batata, colocar-me no lugar dele.», contou. Porém, a cena mais marcante da personagem, em criança, foi mesmo a do beijo entre casal de crianças. Bernardo lembra, com detalhes: «A Mel estava muito nervosa, porque ela não queria beijar na boca, mas o diretor queria. Ela queria que fosse beijo na bochecha.». Nessa altura, o ator conduziu o processo: «Ela estava nervosa, eu entendo. Só tem sete anos! Levei na boa, porque consegui colocar na minha cabeça que não era eu que estava beijando e conversei com ela: “Não fica assim, Mel. É um trabalho”», contou.

Entretanto, a personagem foi entregue a Cauã Reymond, ator que interpreta o «Batata» em adulto. E o relacionamento entre os dois não podia ter sido melhor: «Ele queria ver-me e conhecer o meu trabalho. Fiquei honrado e feliz. Quando lhe desejei boa sorte no trabalho, ele respondeu-me: “Só vou terminar o que você começou”. Fiquei mesmo muito feliz com isso. Achei demais da parte dele!», concluiu.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close