SIC

Bárbara Guimarães recusada «em vários formatos» na SIC

Foto: VIP

Júlia Pinheiro esteve esta segunda-feira, dia 13 de março, no Campus de Justiça de Lisboa para testemunhar a favor de Bárbara Guimarães no processo que esta moveu contra Manuel Maria Carrilho por violência doméstica. Nas palavras da diretora da SIC, este caso judicial «destruiu emocionalmente» a apresentadora cuja vida profissional «nunca retomará a normalidade».

Em declarações ao tribunal, Júlia Pinheiro revelou que Bárbara Guimarães já foi recusada, por diversas vezes, na SIC. «Quando se escolhe um apresentador joga-se na empatia que tem com o público. Há uma ligação. Se essa ligação está partida, quebra-se o elo, que é quase mágico, entre o telespetador e o apresentador. O telespetador só vai estar a julgar o seu comportamento e fica tudo distorcido», esclarece.

Para a direção da SIC, Bárbara Guimarães é hoje «provavelmente a última hipótese na escolha de apresentadores»: «As pessoas vão rejeitá-la por terem dúvidas sobre ela. Ela foi preterida por causa disso em vários formatos». Ainda assim, conforme noticiado, a apresentadora prepara-se para regressar ao entretenimento da SIC já este ano.