SIC

Bárbara Guimarães recusada «em vários formatos» na SIC

Foto: VIP

Júlia Pinheiro esteve esta segunda-feira, dia 13 de março, no Campus de Justiça de Lisboa para testemunhar a favor de Bárbara Guimarães no processo que esta moveu contra Manuel Maria Carrilho por violência doméstica. Nas palavras da diretora da SIC, este caso judicial «destruiu emocionalmente» a apresentadora cuja vida profissional «nunca retomará a normalidade».

Em declarações ao tribunal, Júlia Pinheiro revelou que Bárbara Guimarães já foi recusada, por diversas vezes, na SIC. «Quando se escolhe um apresentador joga-se na empatia que tem com o público. Há uma ligação. Se essa ligação está partida, quebra-se o elo, que é quase mágico, entre o telespetador e o apresentador. O telespetador só vai estar a julgar o seu comportamento e fica tudo distorcido», esclarece.

Para a direção da SIC, Bárbara Guimarães é hoje «provavelmente a última hipótese na escolha de apresentadores»: «As pessoas vão rejeitá-la por terem dúvidas sobre ela. Ela foi preterida por causa disso em vários formatos». Ainda assim, conforme noticiado, a apresentadora prepara-se para regressar ao entretenimento da SIC já este ano.

 

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close