SIC

«Avenida Brasil» é sucesso no Brasil e em Portugal

Avenida Brasil

Foi na sexta-feira da semana passada, dia 19 de outubro, que «Avenida Brasil» chegou ao fim na TV Globo. Por cá, a novela está há pouco mais de um mês no ar, na SIC (onde estreou a 24 de setembro), e na quarta-feira bateu um novo recorde de share, com 38,2%.

No dia em que «Avenida Brasil» tem o maior share de uma novela em exibição em Portugal, no Brasil ainda se comemoram os efeitos da produção assinada por João Emanuel Carneiro: ela está prestes a entrar para a história do género como a primeira a centrar a sua trama na chamada nova classe média brasileira (classe C). «Avenida Brasil» trouxe para o ecrã os rostos, as personalidades e o modo de vida dos milhões de brasileiros que saíram da pobreza. Na sua reta final, artistas atrasaram o início de seus espetáculos, compromissos foram marcados para depois da exibição do capítulo final e até os taxistas acompanham os episódios no próprio carro. A própria presidente Dilma Rousseff, tal como A Televisão noticiou, mudou a sua agenda, tendo alterado a data de um comício de apoio ao candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, para que não coincidisse com o último capítulo da telenovela.

«Avenida Brasil», segudo avança o portal Sapo Fama, é a telenovela mais comentada dos últimos anos, tanto que a população incorporou as expressões e trejeitos das personagens da história. Nos estádios, quando uma equipa joga mal, os adeptos costumam gritar o nome do Divino Futebol Clube, a equipa fictícia de terceira divisão da novela. Para criar a trama, João Emanuel Carneiro inspirou-se na chamada «classe C», que representa quase 55% dos 195 milhões de habitantes do país, a sexta economia do mundo. A nova classe C teve origem com as políticas sociais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), que tirou mais de 40 milhões de pessoas da pobreza.

A vingança de «Nina» contra a vilã «Carminha» constitui o fio condutor da trama, mas são os novos ricos, com os seus exageros e a sua espontaneidade, que são a base e a atração maior de «Avenida Brasil». A novela também reflete a vida do pequeno empresário, como «Monalisa», a batalhadora dona de uma rede de salões de beleza, e do trabalhador comum. O fenómeno «Avenida Brasil» também é comprovado pela feedback que tem nas redes sociais, onde cada capítulo domina os trend topics.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close