SIC

André Cruz desmente ter sido beneficiado nos castings de «Ídolos 5»

~

Depois de ter tentado a sua sorte na terceira temporada do talent-show do canal de Carnaxide, o “cenoura”, como ficou conhecido, voltou a concorrer ao Ídolos. E, tal como a revista TV Guia anunciou em primeira mão, passou à fase do teatro, estando inclusivamente no lote de semi-finalistas, anuncia a TV 7 Dias desta semana.

Contudo, e ao contrário do que foi escrito antes, André desmente que tenha sido beneficiado por conhecer o presidente do grupo de jurados e por trabalhar com a SIC. “Isso é mentira. Eu fui o último a fazer o casting, basta ver pelo meu número, que é o 17100. Cheguei lá por volta das nove da manhã e saí e lá já passava das nove da noite. Esperei bastante tempo, mas valeu a pena”, começa por dizer à TV 7 Dias desta semana.

Quanto à amizade com o filho de Manuel Moura dos Santos, André Cruz confirma que tem “contacto com o Miguel, somos amigos e claro que me dá apoio. Também conheço o Manuel, mas não me sinto privilegiado por ele lá estar. Pelo contrário, sinto uma maior responsabilidade”.

Contactado pela TV 7 Dias, o presidente do júri do Ídolos esclareceu que “o André está mais maduro e experiente. Mas os repetentes são sempre julgados com um maior nível de exigências”, afirmou.

Resta saber se André conseguirá passar a derradeira fase e voltar a pisar o palco do Ídolos na fase das galas, à semelhança do que aconteceu, por exemplo, com Mariline Hortigueira.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close