SIC

Ana Rita Clara fala da sua carreira na SIC

Ana_Rita_Clara

Ana Rita Clara, de 33 anos, é apresentadora e está na há sete anos na SIC. Apresentou o «Curto Circuito» na SIC Radical, conduziu o «Êxtase» na SIC e, atualmente, está à frente do «Mais Mulher» na SIC Mulher.

Em relação ao caminho que está a traçar no Universo SIC, a apresentadora confessou à revista Caras que «Gosto de pensar que já deixei a minha marca. Sou uma apaixonada por aquilo que faço. Nunca tinha pensado fazer televisão, mas foi um feliz encontro na minha vida. Sinto que o meu caminho na SIC, ao longo destes sete anos, é algo de muito forte na minha identidade. E gosto de pensar que posso deixar a minha marca na televisão.».

O «Mais Mulher», que está na quarta temporada, é o programa que apresenta de segunda a quinta, das 17:30 às 18:30. Ana Rita Clara fala deste talk show e do seu trabalho, revelando que «Considero-me uma pessoa que gosta de desafios e de certa forma estou sempre a aguardar o que vem a seguir. Não estou insatisfeita, muito pelo contrário, mas acho que o que nos completa é sempre o que vem depois. O Mais Mulher é um desafio que me apaixona e no qual não tenho qualquer tipo de rotina. As conversas que tenho no programa nunca são iguais. Nunca repeti uma conversa – nem um único vestido, já agora [risos]. Cresço imenso com aquilo que estou a fazer. Mas estarei sempre disponível para outros projetos. Consigo acumular funções. Tenho um talk-show diário, mas também sou cronista e ainda tenho de arranjar tempo para estudar documentário.».

Já em relação ao futuro, a apresentadora revela à mesma publicação que «Quero ir até onde me deixarem. Não me consigo pôr num patamar e sei que tenho um caminho longo por percorrer. Ainda há muitos desafios que quero agarrar. Adoro o Mais Mulher, mas penso que já tenho estrutura para abraçar desafios com outra responsabilidade e dimensão. Também me vejo a realizar documentários, a viajar… Já fiz coisas tão diferentes… Fiz o SIC ao Vivo, que me aproximou muito das pessoas, o Boarding Pass, que foi um programa fantástico. Aliás, quando olho para as fotografias que tirei nessas viagens, consigo sentir inveja de mim própria! [risos] E agora o Mais Mulher, que apareceu no momento em que precisava de uma oportunidade para revelar a minha paixão pela comunicação. Gosto de fazer coisas que me tirem da minha zona de conforto. Sou desafiadora e bastante competiti­va comigo própria, mas de uma forma saudável.».

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close