SIC

Ana Marques cansada, mas satisfeita

Foi à Flash! desta semana que Ana Marques revelou estar bastante satisfeita com a aposta que a direcção de programas da estação de Carnaxide tem feito em si. Depois de ter acompanhado passo a passo a chegada de Júlia Pinheiro ao canal de Pinto Balsemão, a apresentadora foi a escolhida para substituir Conceição Lino quando esta se ausentasse para marcar presença em Boa Tarde. Assim, e a acumular duas funções na SIC, com a Capa de Revista e o talk-show, Ana Marques tem matado as saudades de uma rotina alucinante, que começa bem cedo: “É uma ginástica doméstica que tem de se fazer. Sempre soube que a minha profissão era assim, nunca sei como são os meus horários. Estive muito tempo parada para “lamber” as crias”.
Em relação ao espaço que antecede o Companhia das Manhãs, Capa de Revista, a apresentadora revela que a primeira impressão de Cláudio Ramos não foi a melhor, no entanto, e passado poucos minutos de interacção entre ambos, Ana Marques depressa percebeu que estava enganada em relação à personalidade do comentador: “Não me identifiquei logo (com a rubrica), até porque tinha a pior das impressões do Cláudio Ramos. Sempre achei que ele fazia tudo para aparecer e tinha opiniões das quais eu não partilhava. Porém, o facto é que nos juntaram e decidimos que tínhamos um caminho a seguir: o de divertir as pessoas”.

Em relação à chegada de Júlia Pinheiro à SIC, a profissional de Carnaxide afirma que é um prazer receber uma grande amiga na sua estação de eleição. “Acho que a SIC ganha muito com a Júlia e eu também. É uma pessoa que é o paradigma da comunicação”, explicou.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close