SIC

A estratégia na ficção de Carnaxide

A Notícias TV desta semana revela alguns pormenores sobre o plano que a SIC está a desenvolver em matéria de ficção. Segundo Luís Marques, os vários contratos de exclusividade que têm vindo a ser assinados são necessários na medida que no próximo ano serão duas as novelas portuguesas no ar: “No próximo ano vamos ter sempre ficção portuguesa, com novelas a gravar em simultâneo. E por isso precisamos de mais pessoas”.
Já Nuno Santos, não deixa de lado o seu sentimento de felicidade por perceber que a equipa está finalmente a compor-se. Se, no passado, eram apenas cinco os exclusivos de Carnaxide, agora já são doze: “Nós tínhamos quatro ou cinco actores exclusivos, a TVI e a Plural têm 40 a 50 actores. O que nós estamos a fazer é trazer para a SIC actores que têm trabalhado connosco, mas que não tinha um vínculo com a estação, e a ir buscar ao mercado outros actores. Agora temos mais sete exclusivos”.

De referir igualmente que será no mês de Março, altura em que deverá estrear a versão portuguesa do The Biggest Loser, que arrancarão as gravações da nova produção de Carnaxide. “Temos duas histórias na mão, será seguramente um texto forte. É uma novela portuguesa com actores portugueses, não se passa no Brasil”, explicou.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close