Fora de Série Séries

Alf

Esta semana regresso novamente aos anos 80 para vos trazer à memória uma das míticas séries, desta vez “ALF” é o protagonista deste Fora de Série. É uma série especial para infância de muitos de nós, um E.T. teimoso que nos foi arrancando gargalhadas. Esta popular série começou a ser transmitida na NBC em 1986, inspirada no filme de Spielberg “E.T.”. Daí nasceu a ideia de uma paródia que foi um sucesso em todo o mundo.

A história da série então gira à volta do alien “ALF” sigla que significa “Alien Life Form”, contudo o verdadeiro nome de “ALF” era Gordon Shumway, sobrevivente do planeta Melmac que explodiu devido a armas nucleares.

ALF (Paul Fusco) segue um sinal de rádio amador para a Terra e acaba por cair na garagem da casa da família Tanner. Os Tanner são uma típica família de classe média em Riverside, Califórnia, EUA. A família consiste no assistente social Willie (Max Wright), a esposa Kate (Anne Schedeen), a filha adolescente Lynn (Andrea Elson), o filho mais novo Brian (Benji Gregory), e o gato Lucky.

Sem saberem ao certo o que fazer com ele, os Tanner levam ALF para casa e escondem-no da Alien Task Force (um grupo do exército que procura extraterrestres) e dos vizinhos Trevor e Raquel Ochmonek (John LaMotta e Liz Sheridan), até que ele possa arranjar a nave. ALF geralmente fica escondido na cozinha.

Casualmente é revelado que Melmac, o planeta de ALF, foi destruído por uma calamidade que envolveu bombas nucleares (embora nos episódios iniciais ALF tenha dito que seu planeta explodiu por causa de uma sobrecarga elétrica quando todos os habitantes de Melmac ligaram o secador de cabelo simultaneamente). No quarto episódio da série, ALF tenta convencer o presidente dos EUA a acabar com o programa nuclear do país por temer que a Terra tenha o mesmo destino de Melmac.

ALF não estava no planeta porque fazia parte da Guarda Orbital de Melmac. Gordon Shumway (o nome verdadeiro de ALF) ficou sem ter onde viver, mas não foi o único sobrevivente de sua espécie. Ele torna-se membro permanente da família, embora o choque cultural, a solidão e as saudades de casa causem frequentemente problemas aos Tanner. Embora muito da ficção científica que vemos em ALF tenha sido encarada de forma engraçada, há referências a assuntos relacionados com a exploração espacial, como o facto de ALF ter usado um sinal de rádio no início da história.

Várias mudanças ocorrem na família Tanner ao longo da série, desde o nascimento de um novo filho, Eric, a construção de um pequeno apartamento para ALF e a morte da gata Lucky, a qual ALF demonstra respeito apesar de ter sempre tentado “apanhar” a gata para reproduzir a sua própria espécie mesmo sabendo que não ia dar em nada, admitindo que ele se tornou o melhor tipo de Melmac, o “amante de gatos”.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=-NVr-vXIa-A]

“Alf” é sem dúvida uma série que deixou saudades. Caso não tenham o prazer de ter conhecido “Alf” fica aqui a sugestão. O E.T. irritadiço, teimoso e capaz de nos fazer sorrir bastante está à espera.

Tags
  • Brunur

    Que saudades….

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close