TDT - Top de Televisão

TDT – Sitcoms portuguesas

TDT cronica


Numa altura em que o país precisa de rir, o TDT – Top de Televisão recorda dez sitcoms que marcaram a televisão portuguesa. Uma seleção difícil, mas ainda assim, a possível.

[youtube www.youtube.com/watch?v=Lw7ZsTOEiyM]

As Pupilas do Senhor Reitor – TVI

Foi um dos programas de humor do canal de Queluz de Baixo, na altura em que este sofreu a primeira grande reviravolta. Decorria o ano de 2001, quando José Eduardo Moniz apostou em As Pupilas do Senhor Reitor, uma sitcom bastante divertida e que contava com Carlos Cunha, Fernando Ferrão, Laura Valadas e Rosa Villa no elenco principal. Marina Mota também participou.

[youtube www.youtube.com/watch?v=28W7qELLSa4&feature=relmfu]

O Fura-Vidas

A série que mostrava a vida de um homem com um talento inegável para impingir fosse o que fosse, sem nunca desmoralizar, mesmo quando surgiam problemas. Exatamente, falamos da história protagonizada por Miguel Guilherme e que estreou em 1999, na SIC. Ivo Canelas, Canto e Castro, Orlando Costa, Rosa Villa, Fernando Serrão, Joana Seixas e Ana Bustorff faziam parte do elenco.

[youtube www.youtube.com/watch?v=o0EccJQ-H38]

Os Compadres

É uma das mais recentes histórias a fazer parte deste top. Uma sitcom que relata as peripécias vividas por dois casais vizinhos, Nico (Nicolau Breyner) e Odete (Ana Zanatti), Nando (Fernando Mendes) e Lena (Rosa do Canto) e que foi um sucesso aos sábados à tarde na RTP 1, durante os últimos meses. Recebeu uma nomeação para um prémio Internacional.

[youtube www.youtube.com/watch?v=e9nf6hQfRsY]

A Loja do Camilo

Uma das mais conhecidas sitcoms a passar pela televisão portuguesa, estreada em 1999 e reposta em 2008. Retratava o dia a dia de um Forreta comerciante de uma mercearia e do seu humilde e ingénuo funcionário e afilhado/sobrinho, que forçavam todos os clientes que entrassem na loja a comprar mais do que desejavam. Camilo de Oliveira e Rui de Sá protagonizavam.

[youtube www.youtube.com/watch?v=S4H5xrhBcms&feature=related]

Bora Lá, Marina

Protagonizada por uma das grandes estrelas femininas do humor português, esta sitcom foi transmitida pela TVI entre 2000 e 2003 e conquistou muitos telespectadores. Sempre divertida, e com várias personagens, Marina Mota fazia-se acompanhar de outros colegas bem conhecidos, como é o caso de Carla Andrino.

[youtube www.youtube.com/watch?v=EXoN_q6ywwI

A Minha Sogra é uma Bruxa

Uma das mais conhecidas séries que passaram pela RTP e protagonizada por Rosa Lobato Faria e Fernando Luís. Contava a história uma sogra, que fazia as suas feitiçarias em casa, para aguentar o seu insuportável genro, Alberto, um produtor de televisão bastante bem sucedido. Elsa Raposo, Rita Blanco ou Ana Bustorff também faziam parte do elenco.

[youtube www.youtube.com/watch?v=8Y7vdkYz81U]

Não Há Pai

É de todas as sitcoms distinguidas neste top aquela que conta com uma particularidade especial. Ao contrário das restantes, foi transmitida em direto, o que mostrava ainda mais o talento dos seus atores. A história era simples, uma família louca e divertida que lidava com problemas do dia a dia. Camacho Costa e Rosa do Canto eram dois dos membros do elenco.

[youtube www.youtube.com/watch?v=0sc-INnsb0I]

Residencial Tejo

A sitcom que mostrava o dia a dia numa residencial pouco convencional. Inesquecíveis os momentos protagonizados por Seição, papel de Maria do Céu Guerra, a protagonista. Foi emitida em 1999 e contava com Ana Padrão, António Vitorino de Almeida e Vera Alves no elenco.

[youtube www.youtube.com/watch?v=cakqVbkoCqY]

Aqui Não Há Quem Viva

Uma sitcom que gira à volta do dia-a-dia dos inquilinos de um prédio em Campo de Ourique, que têm histórias de vida verdadeiramente confusas. Desde duas amigas solteiras que procuram o verdadeiro amor ao casal homossexual, nada falta neste prédio. Adaptada de um original espanhol e transmitida pela SIC em 2006.

[youtube www.youtube.com/watch?v=vc40G7J_lGM]

Último a Sair

A primeira sitcom com o objetivo de satirizar um reality show. Fechados numa casa durante 90 dias, Treze actores interpretam 13 portugueses e cada um deles representa um estereótipo da sociedade portuguesa em geral, e de concorrentes a reality shows em particular. Um sucesso nas redes sociais.

  • Daniel Marques

    Aqui Não Há Quem Viva é de longe a melhor!!

    • Sem dúvida, a série era excelente. O que eu me ria. Foi pena ter sido cancelada na segunda temporada. O que me fez ver a versão espanhola (original) para continuar a acompanhar as peripécias daquele prédio.

    • met

      Mesmo! Aqui Não Há Quem Viva é mesmo a melhor, seguido da Residencial Tejo e Bora lá, Marina são mesmo as melhores das melhores. Que saudades…

  • Anonimo

    Falta aí a inesquecível Cuidado com as Aparências, protagonizada por Catarina Avelar. A sua Jacinta Bimbô ninguém esquece…

  • Gustavo

    A série Fura Vidas é genial, pena só ter passado em horário nobre a 1º temporada, as restantes passaram em horário de vampiros..
    Queria também salientar que Portugal não produz conteúdos de humor actualmente o que acho estranho, sendo este o produto televisivo barato e de grande audiência. Porque não se produz?

  • Ann

    O ‘Não há pai’ era qualquer coisa!! O que eu me ria!

  • Luís

    não é pupilas do senho reitoi é do senhou doutor

  • White Angel

    Marina Mota sempre fez as melhores sitcoms de sempre… Bora lá marina vai ser sempre ETERNO 😀

  • franjas

    ultimo a sair era mt fixe espero volte com 2 temporada

  • Rita Carvalho

    Marina Mota sem dúvída

  • Lúcio

    Esta rubrica está algum tempo no abandono! Já 2 ou 3 semanas que não a actualizam e ao “Like e Dislike” tambem!! Gosto especialmente destes espaços tenho pena não continuem!!

  • Fantasma

    E os Batanetes??? E o Prédio do Vasco??! :O Como é que nem em 10º está??? Por favor, dediquem-se a comer, pelo menos só têm de saber usar o garfo -.-‘

  • Maximiliano Roberto Bertapeli

    Oi todo mundo.
    Sou brasileiro, e sabe, confesso que a primeira vez que ouvi portugueses falando foi um pouquinho assim, difícil de entender. Acredito que vcs o mesmo. Mas se tem algo que eu gosto e tenho orgulho é de fazer parte da grande comunidade lusófona. Falar português é algo que nos uni, nos iguala, de diferentes continentes, todos juntos, formam uma família. Enfim, se alguém souber bons filmes e series portugueses para indicar ficarei grato. Obrigado

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close