Rumo a Oslo

Balanço das semifinais e expectativas para a grande final

Hello!

Já começou… e está quase a acabar a 55ª edição do festival de música internacional mais antigo da europa. Como sabem PORTUGAL está na final! Pelo terceiro ano consecutivo Portugal consegue atingir a última fase do Eurovision Song Contest(ESC), mas este ano tem um sabor especial, esta passagem é uma forma de calar as muitas pessoas que aquando da vitória da Filipa no Festival da Canção a criticaram ofensivamente porque ganhou ela e não a sua favorita de todos Catarina Pereira. Em relação à actuação da Filipa, eu achei-a muito boa, desde a realização que esteve impecável, passando pelo cenário, esteve tudo muito bem, com excepção ao vestido, eu não gosto do vestido, acho-o demasiado longo e um pouco impróprio para a idade dela, 18 anos é muito nova e de certeza que podiam ter escolhido melhor.

Vou começar por analisar a primeira semi-final (1SF), sinceramente é-me difícil dizer se era ou não mais fraca, eu sou daqueles que no directo considera todas as actuações fortes e que por isso acaba por dar palpites errados, mas francamente havia canções que não mereciam passar por nada como a Rússia e a Grécia, e que na verdade passaram em vez de outras boas músicas que ficaram pelo caminho, como a Finlândia ou a Eslováquia. Em qualidade esta semi-final esteve a um bom nível, os apresentadores estiveram muito bem, especialmente a Nadia Hasnaoui de quem me lembro em 2004 a apresentar o Festival Eurovisão Júnior, a realização esteve óptima, gostei especialmente da realização da música islandesa, que apesar de não ser das minhas favoritas, conseguiu ser muito bem acompanhada, a nível gráfico este ESC está óptimo, gosto de tudo à excepção dos vídeos de introdução dos países, achei que havia muito pouca gente e isso é mau para o festival porque acaba por dar a imagem de que não tem muitos seguidores, que sejamos sinceros são muitos mas não são tantos como se pensa. No mais importante, a música, além da nossa prestação achei que as melhores da noite foram a Albânia, a Bielorrússia e a Moldávia, apesar de tudo conseguiram estar muito bem e merecem a passagem à final.

Da primeira semi-final passaram:

Moldávia
Portugal
Rússia
Sérvia
Bósnia
Bélgica
Albânia
Grécia
Bielorrússia
Islândia

Em relação à segunda semi-final, esta é sem dúvida mais forte que a primeira, sinceramente não tive grandes surpresas, porque quase todas as canções tinham qualidade para passar, atenção quase, a Holanda, Suíça e a Lituânia dificilmente conseguiriam a passagem o que acabou por se verificar. Sem dúvida que os que passaram e muito merecidamente são a Irlanda, Chipre, Israel e Ucrânia, que apesar das trocas e baldrocas conseguiram levar a Oslo uma canção muito boa, ainda que difícil de entrar no ouvido(pelo menos no meu caso), Azerbaijão e Arménia conseguiram tal como se previa a passagem à grande final do ESC, estes são candidatos à vitória final e aos quais se deve dar muita atenção.

Da segunda semi-final passaram:

Geórgia
Ucrânia
Arménia
Israel
Chipre
Irlanda
Dinamarca
Roménia
Turquia
Azerbaijão

EXPECTATIVAS PARA A FINAL

Este ano e ao contrário do ano passado não há um favorito claro, eu aposto que a vitória final está algures entre 5 países, Alemanha, Azerbaijão, Arménia, Israel e Noruega, mas sinceramente gostava que fosse para a Alemanha ou França, estes dois países levam músicas bastante boas e que se tiveram uma grande actuação têm sérias hipóteses de ganhar. Quanto a Portugal, acho que temos hipóteses de figurar entre os 15 primeiros, e quem sabe no Top 10.

A ordem de actuação na final é a seguinte:

01. Azerbaijão
02. Espanha
03. Noruega
04. Moldávia
05. Chipre
06. Bósnia & Herzegovina
07. Bélgica
08. Sérvia
09. Bielorrússia
10. Irlanda
11. Grécia
12. Reino Unido
13. Geórgia
14. Turquia
15. Albânia
16. Islândia
17. Ucrânia
18. França
19. Roménia
20. Rússia
21. Arménia
22. Alemanha
23. Portugal
24. Israel
25. Dinamarca

Delicie-se com o vídeo da actuação portuguesa na primeira semi-final
{youtube}IME-9l2voo0{/youtube}
Volte comigo na terça-feira e não se esqueça hoje às 20h00 na RTP1 a grande final do Festival Eurovisão da Canção com Portugal a actuar 23º!

David Ferreira

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close