Rumo a Baku

Rumo a Baku (7)

Rumo a Baku2012

Bem-vindo ao Rumo a Baku desta semana. Cada vez mais perto do Festival da Canção, damos-te conta das últimas novidades em torno do certame que acontece já no próximo dia 10 de Março!

Festival RTP da Canção

Yolanda Soares na abertura do Festival da Canção

O nome pode não dizer muito à maioria dos portugueses, mas será mesmo a cantora portuguesa Yolanda Soares quem irá abrir o Festival da Canção 2012. Numa edição toda ela dedicada ao fado, Yolanda, uma cantora que cruza influências de Bel-Canto clássico com o canto gregoriano, o fado ou até o jazz, promete uma atuação surpreendente.

O anúncio foi feito na sua página pessoa no Facebook: “Dia 10 de março não percam a abertura (do FC) onde eu estarei a atuar com um dos temas do meu CD Metamorphosis. Vai ser um arraso! Com uma produção fantástica” escreveu.

Também a fadista Ana Laíns é outra das presenças confirmadas no festival da RTP.

Esta semana, e em rigoroso exclusivo aTV, trazemos mais uma entrevista com um dos participantes da edição deste ano do Festival da Canção. Esta semana, as impressões de Carlos Costa.

A Televisão – Como é que vieste parar ao Festival da Canção? Era um desejo que já tinhas há muito tempo…

Carlos Costa – Sim, sim é uma coisa que eu queria fazer, realmente, há muito tempo, participar no Festival da Canção, era um dos meus objectivos como artista, é daquelas coisinhas que pomos em carteira para fazer. Realmente está-se a concretizar este ano, decidi, realmente, tentar a minha sorte, correu bem, ao menos para a selecção inicial e agora vamos ver. Estou mesmo na desportiva, não quero ganhar à força toda, não é o objectivo, é um dos objectivos. O objectivo era vir, era divertir-me, conhecer estas pessoas (restantes concorrentes e produtores). Trabalhar com a RTP, já tinha feito algumas coisas com a RTP, mas nunca um projecto tão grande, desta dimensão. E também descolar-me um bocadinho do Ídolos, fazer uma coisa diferente.

A Televisão – Vais mostrar um Carlos diferente daquele que vimos no Ídolos?

Carlos Costa – Não muito diferente, vou tentar não ser muito diferente, vou ser fiel às pessoas que são minhas fãs da altura. Se não também tenho medo de as decepcionar a elas. Mas vou tentar impressionar pela positiva.

A Televisão – O que é que nos podes contar sobre a tua música?

Carlos Costa – É uma música dançável, que fala de dança, bastante mexida, muito bem disposta, muito simpática, com uma letra espectacular, feito por um compositor espectacular, extremamente simpático, jovem, e espectacular,  por isso, é espectáculo.

A Televisão – Estás confiante de que podes ganhar?

Carlos Costa – Isso é muito relativo. As votações são muito imprevisíveis, nem tenho estado a pensar muito nisso. Preocupo-me muito em fazer um bom trabalho nesse dia. Quero fazer um bom trabalho, quero que as pessoas olhem para a televisão e digam ‘espetáculo, este não ganhou, mas poderia ter ganho que era igual, ou então era um dos possíveis vencedores, esteve muito bem, espectacular, cantou bem, dançou bem. É isto que eu espero.

Festival Eurovisão da Canção

Lá fora, continuam a todo o gás as seleções dos mais diversos países para a sua participação no Festival Eurovisão da Canção. Esta semana, Israel, Turquia, Irlanda e Finlândia já escolheram os seus representantes a Baku.

Por Israel, sabe-se que a banda Isabo irá representar o país com o tema “Time”. Apesar de a apresentação oficial apenas acontecer no dia 1 de março.

Já a Turquia leva ao Azerbeijão Can Bonomo que cantará “Love Me Back”.

A Irlanda repete a dose dos irmãos gémeos Jedward, que pelo segundo ano consecutivo representam o país no festival. “Waterline”, composto por Nick Jarl e Sharon Vaughn, será o sucessor de “Lipstick”, que há um ano atrás, em Dusseldorf, conseguiu um honroso 8º lugar para o país.

E finalmente a Finlândia que escolheu Pernilla Karlsson, com o tema “När Jag Blundar” para representar o país em maio.

Para a próxima semana há mais, com o David Ferreira, na última edição do Rumo a Baku antes do Festival RTP da Canção!

Esta rubrica foi feita em parceria com o site ESC Portugal

Tags
  • Bythemusic

    Meus caros, a Yolanda Soares falou no Facebook de que iria fazer a abertura mas poderá não ser exactamente na abertura.Ela pensou que fosse devido ao formato dos outros anos em que se faz sempre uma abertura com espectáculo.Mas este ano tudo está diferente e portanto a Yolanda Soares fará um momento de espectáculo mas não se sabe com exactidão em que altura do Festival.Tanto pode ser na abertura como durante.Só para esclarecer.By the Music produções.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close