Peso na Balança

Peso na Balança – A sétima semana

Mais uma semana chegou ao fim e, desta vez, com um final surpreendente. Bem, não é que não tenha havido outros domingos surpreendentes, mas este foi especial…

A semana que agora terminou prometia ser dura. Dura para a equipa amarela que tinha muito que suar para se manter na Herdade e dura para as outras quatro duplas que tinha várias provas para vencer de modo a não ficar em desvantagem. E em três dessas provas, as equipas verde, laranja, castanha e roxa só conseguiram ganhar uma; das outras duas provas que perderam para a equipa amarela, as quatro equipas “ganharam” uma desvantagem de 1Kg (meio quilo adquirido em cada prova) na pesagem. Este “combate” semanal da dupla amarela contra as restantes duplas estava a mostrar-se uma “caixinha de surpresas”. E a difícil missão que se revelara na Sala de Eliminação na semana passada – em que, esta semana, para a dupla amarela se manter na Herdade, a sua percentagem de peso perdido teria de ser superior à média da percentagem de peso perdido das outras quatro duplas – parecia estar a tornar-se fácil… mas o resultado, se seria um êxito ou um fracasso para a dupla amarela, só na próxima vez que subissem à balança é que se desvendaria. E, no “Peso Pesado”, há sempre surpresas!!!

E surpreendente foi a atitude do Rui durante a semana, em que treinou única e exclusivamente a dupla amarela: teve, não só, a missão de reerguer psicologicamente a dupla, como teve um grande trabalho ao motivar a Margarida. E, já na semana anterior, tinha começado esse trabalho com a concorrente feminina da dupla, em que lhe fez ver que estava num jogo e tinha que jogar. E, com uma oportunidade que lhe foi dada (a ela e ao Marco), se saíssem vitoriosos, estava na hora de começar a jogar!

E eis que o momento de subirem à balança chegou, numa pesagem em que, pela primeira vez no “Peso Pesado 2”, os treinadores estiveram presentes. A dupla amarela, com o seu destino na competição em jogo, foi a primeira a subir à balança e, no total, a Margarida e o Marco perderam 6,1Kg, ou seja, uma percentagem de peso perdido de 2,62%. Era esta a percentagem que tinha que ser superior à média da percentagem de peso perdido das outras quatro duplas… e seria o suficiente? Chegou, então, a vez das outras duplas subirem à balança. A dupla castanha foi a primeira das quatro duplas a pesar-se e, no total, perdeu 7Kg, ou seja, uma percentagem de peso perdido de 3,09%. Foi com esta percentagem que o “combate” começou e a dupla amarela foi logo arrastada para baixo da linha amarela. Começaram logo esta batalha a perder… Seguiu-se à dupla castanha a dupla verde que, depois de ouvirem algumas críticas, mostraram que perderam 2,8Kg, o equivalente a 0,93% de peso perdido (o que fez descer a média das duplas para 2,01% e as arrastou para baixo da linha amarela, pondo a dupla amarela em vantagem). Depois do Bruno ter perdido apenas 1,1Kg e das “vozes da contestação” se levantarem, foi a vez da equipa laranja se pesar e mostrar um resultado surpreendente: depois de duas semanas consecutivas a serem o que menos peso perderam e ficando abaixo da linha amarela, o Diogo perdeu 4Kg (depois do 1,2Kg perdido na semana anterior!) e a Marta engordou 0,1Kg; um resultado que fez os olhos, no geral, esbugalharem-se, dando à dupla laranja um total de peso perdido de 3,9Kg, ou seja, uma percentagem de peso perdido de 1,69% (e, este valor, fez ainda descer a média das quatro equipas para 1,90%). Se a vitória da dupla amarela já parecia certa, ainda podia haver uma reviravolta com a pesagem da dupla roxa. E esta, para dar a vitória às quatro duplas, teria que perder mais que 10Kg. Um resultado que veio a mostrar-se muito longe de alcançar! A dupla roxa, a última da noite, lá se pesou e a Sara e o Ivo, em conjunto, perderam 2,3Kg, ainda menos quilos que a dupla verde (a Sara só perdeu 1Kg – menos que o Bruno – e o Ivo perdeu 1,3Kg – pouco mais que o Bruno e menos que o Alexandre!); este peso é equivalente a uma percentagem de peso perdido de 1,08% e fez descer ainda mais a média das quatro equipas para 1,70%. Era oficial: a dupla amarela tinha ganho a semana, sem precisar da desvantagem dos 4Kg das outras duplas para ficar acima da linha amarela (com a desvantagem dos 4Kg, a média das 4 duplas era ainda menos e ficou-se pelos 1,55%). Foi uma semana desastrosa para as equipas castanha, verde, roxa e laranja… e uma semana vitoriosa para a dupla amarela que, assim, ganhou a possibilidade de ficar na Herdade e continuar em competição, expulsando directamente uma outra dupla. E chegou a ver de se saber se seria desta que iriam começar a jogar!

E o ‘peso pesado’ da semana foi o Carlos, com 3,8Kg perdidos, ou seja, uma percentagem de peso perdido de 3,10%. E como “recompensa” iria comemorar esse feito para casa?! Isso foi algo que se viu quando, na Sala de Eliminação, a dupla amarela revelou o seu voto. E, surpreendentemente, talvez por imposição do Marco, a dupla que ganhou a possibilidade de permanecer na Herdade jogou e expulsou a aquela que era dada como a dupla mais forte, a dupla castanha (um acto que fez lembrar a versão original do programa!). E na semana anterior, em que o Marco, então ‘peso pesado’ da semana, tinha sido expulso juntamente com a Margarida, retribuíram agora esse gesto perante o ‘peso pesado’ desta semana, expulsando o Carlos (e, por arrasto, o João). Mais ironia do destino foi a dupla castanha sair a seguir à dupla azul-turquesa, dupla com quem tinha ido a votos há duas semanas!

A dupla amarela jogou. Aprendeu a jogar. Corrigiu um erro e aproveitou a oportunidade que lhes tinha sido dada, pois possivelmente já não teriam outra oportunidade de expulsar uma dupla forte. Tomaram uma atitude que lhes vai dar, certamente, uma maior possibilidade de permanecerem e jogo. E, depois da expulsão de ontem, já não vai haver um Carlos em competição a roubar o protagonismo aos outros concorrentes, a querer sempre sobressair, a minar e a criar intrigas… Quem se sobressairá agora?

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close